quinta-feira, 17 de junho de 2021

Ótima notícia!

"Tem misericórdia de mim, ó Deus, por causa do teu amor…" (Salmo 51:1)

Após frequentar um seminário sobre o fortalecimento dos laços familiares, um grupo de detentos recebeu a visita das famílias. Alguns não viam os filhos havia anos. Em vez de conversar através de um painel de vidro, eles puderam abraçar seus entes queridos. À medida que as famílias se uniram, as feridas começaram a cicatrizar.


Para aquelas famílias, o ato de abraçar-se foi algo poderoso e, para algumas, o início do processo de perdão e reconciliação.

O perdão e a oferta de reconciliação de Deus, possíveis por intermédio de Jesus, são mais do que um simples fato da fé cristã. A reconciliação daqueles detentos nos lembra de que o sacrifício de Jesus é a melhor notícia não apenas para o mundo, mas para você e para mim.

No entanto, essa é a notícia à qual podemos nos agarrar desesperadamente nos momentos que somos oprimidos pela culpa ou por termos feito algo que não deveríamos. É a misericórdia infinita de Deus que se torna uma notícia pessoal: por Jesus ter morrido em nosso favor, podemos ir ao Pai purificados, “mais brancos que a neve” (v.7). Em tais momentos, quando sabemos que não merecemos a Sua misericórdia, podemos tomar posse da única coisa da qual podemos depender: do amor e da compaixão de Deus (v.1). — Leslie Koh

O perdão não é apenas uma grande notícia. É uma dádiva maravilhosa e é concedido individualmente!

quarta-feira, 2 de junho de 2021

À imagem de Deus

"…Deus criou os seres humanos à sua própria imagem, à imagem de Deus os criou; homem e mulher os criou." (Gênesis 1:27)

Quando a sua linda pele marrom começou a perder a sua cor, a jovem senhora se assustou, sentiu-se como se ela estivesse desaparecendo ou perdendo o seu “eu”. Com maquiagem pesada, ela cobria o que chamava de suas “manchas” de pele mais claras causadas por vitiligo — a perda de melanina, pigmento da pele que lhe dá o tom.

Porém, certo dia, ela se perguntou: “Por que esconder? Confiando na força de Deus para se autoaceitar, ela parou de usar maquiagem pesada. Logo, começou a receber atenção por sua autoconfiança. Por fim, tornou-se a primeira porta-voz do vitiligo para uma marca global de cosméticos.

“É uma enorme bênção”, disse a um apresentador de TV, acrescentando que sua fé, família e amigos são sua fonte de encorajamento.

A história dessa mulher nos convida a lembrar que cada um de nós foi criado à Sua imagem. “…Deus criou os seres humanos à sua própria imagem, à imagem de Deus os criou; homem e mulher os criou“ (v.27). Não importa a nossa aparência exterior, todos nós somos portadores da imagem divina. Como Suas criaturas, refletimos Sua glória; e como cristãos estamos sendo transformados para representar Jesus neste mundo. Você luta para amar a sua aparência? Olhe-se no espelho e sorria para Deus. Ele o criou à Sua imagem.

Por Patricia Raybon

Ajuda-me a aceitar como me fizeste, Senhor. Reina em meu coração para que outros possam ver-te em mim.