segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Canção da criação

"Os céus proclamam a glória de Deus; o firmamento demonstra a habilidade de suas mãos." (Salmo 19:1)

Com a astronomia acústica, os cientistas observam e ouvem os sons e pulsos do espaço. Eles descobriram que as estrelas não orbitam em silêncio no céu, mas geram música. Assim como os sons da baleia jubarte, a ressonância das estrelas existe em comprimentos de onda ou frequências que podem não ser ouvidas pelo ouvido humano. Mas a música das estrelas, das baleias e de outras criaturas se combina para criar uma sinfonia que proclama a grandeza de Deus.

“Os céus proclamam a glória de Deus; o firmamento demonstra a habilidade de suas mãos. Dia após dia, eles continuam a falar; noite após noite, eles o tornam conhecido. Não há som nem palavras, nunca se ouve o que eles dizem. Sua mensagem, porém, chegou a toda a terra, e suas palavras, aos confins do mundo”(Salmo 19:1-4).

O apóstolo Paulo revela que, por meio de Jesus, “todas as coisas foram criadas, tanto nos céus como na terra, todas as coisas que podemos ver e as que não podemos […] Tudo foi criado por meio dele e para ele” (Colossenses 1:16). Em resposta, as alturas e profundidades do mundo cantam ao Criador. Que nos juntemos à criação para cantar a grandeza daquele que “mediu os céus com os dedos” (Isaías 40:12). — Roo

Todas as coisas criadas louvem o nome do Senhor, pois ele ordenou, e elas vieram a existir. (Salmo 148:5)

Nenhum comentário :

Postar um comentário