segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

A cura para a ansiedade

"Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições…" (Filipenses 4:6)

Muitas pessoas ficam entusiasmadas com o ano novo. Algumas fazem mudanças nos planos. Outras resolvem reformar a casa, comprar um móvel novo, trocar um quadro de lugar... A verdade é que os desafios e incógnitas que nos esperam em um novo ano nos deixam às vezes ansiosos. Enquanto pensamos na lista de coisas por fazer, devemos nos lembrar das palavras escritas pelo apóstolo Paulo: “sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica” (v.7).

Se alguém pudesse estar ansioso sobre o desconhecido e desafios, teria sido Paulo. Ele naufragou, foi espancado e preso. Em sua carta à igreja de Filipos, ele encorajou seus amigos que também estavam enfrentando incógnitas, dizendo-lhes: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições…” (v.6).

As palavras de Paulo nos encorajam. A vida é cheia de incertezas — venham elas como uma grande transição da vida, problemas familiares, de saúde ou financeiros. Continuamos aprendendo que Deus se importa. Ele nos convida a abandonar os nossos medos do desconhecido, entregando-os a Ele. Quando o fazemos, Ele, que sabe todas as coisas, promete que a Sua paz, “que excede todo o entendimento, guardará” nosso coração e mente em Cristo Jesus (v.7). 

O cuidado de Deus por nós traz paz à mente.

Nenhum comentário :

Postar um comentário