segunda-feira, 27 de março de 2017

Fome e sede de justiça

"Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça." (Mateus 5:6)

Justiça é santidade, semelhança com Deus; e “Deus é amor” (1 João 4:16). É conformidade com a lei de Deus; pois “todos os Teus mandamentos são justiça” (Salmos 119:172); e o “cumprimento da lei é o amor” (Romanos 13:10). Justiça é amor, e o amor é a luz e a vida de Deus. A justiça de Deus se acha concretizada em Cristo. Recebemos a justiça recebendo-o a Ele.

Não é por meio de duras lutas ou trabalho exaustivo, nem de dádivas ou sacrifícios, que alcançamos a justiça; ela é, porém, gratuitamente dada a toda pessoa que dela tem fome e sede. “Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; […] sem dinheiro e sem preço.” “O seu direito que de Mim procede, diz o Senhor” e “este será o nome com que o nomearão: O Senhor Justiça Nossa” (Isaías 55:1; 54:17; Jeremias 23:6).

Nenhum agente humano pode suprir aquilo que satisfará a fome e a sede espiritual. No entanto, Jesus diz: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo” (Apocalipse 3:20). […]

Assim como precisamos de alimento para sustentar nossas forças físicas, também necessitamos de Cristo, o pão do Céu, para manter a vida espiritual e comunicar forças para efetuar as obras de Deus. Assim como o corpo está continuamente recebendo a nutrição que sustém a vida e o vigor, também a alma deve estar constantemente comungando com Cristo, a Ele submissa, e confiando inteiramente nEle. […]

Ao entendermos a perfeição do caráter de nosso Salvador, desejaremos ser inteiramente transformados e renovados à imagem de Sua pureza. Quanto mais conhecermos a Deus, mais elevado será nosso ideal de caráter, e mais veemente o nosso anseio de lhe refletir a imagem. Um elemento divino combina-se com o humano, quando a alma se dilata, em busca de Deus, e o anelante coração pode exclamar: “Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa, porque dEle vem a minha esperança” (Salmos 62:5).

Se você experimenta um sentimento de necessidade em seu coração, se tem fome e sede de justiça, isso é prova de que Cristo tem operado em seu coração.