quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

As cinco linguagens do amor

"Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine. (...) O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. (...)Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (...) Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor" (1 Coríntios 13:1,4,7,13).

Provavelmente, esse texto que o apóstolo Paulo escreveu à igreja de Corinto, seja o que melhor define o amor. Amor é aquele sentimento que faz duas pessoas se sentirem bem juntas, dividirem sonhos e caminharem na mesma direção. O amor supera qualquer barreira e dificuldade, porém, muitos casais que se amam, acabam sofrendo por não conseguirem entender um ao outro.

Diante disso, o autor Gary Chapman mostra em seu livro "As cinco linguagens do amor", a razão que faz as pessoas ficarem tão insatisfeitas em seus relacionamentos (mesmo se amando). Ele explica que as pessoas falam linguagens "afetivas" diferentes, assim como acontece nos idiomas. Ou seja: todos nós somos diferentes na forma de demonstrar amor e em como queremos ser amado(a)s; e para que haja uma harmonia, é preciso identificar qual a nossa "linguagem do amor" e a do outro.

Todos nós somos como "vasos vazios" que precisam ser preenchidos com amor, porém, nem sempre isso acontece, pois a forma com que recebemos amor é diferente. Então, ao descobrir a sua linguagem do amor e do seu parceiro, será possível você expressar amor da maneira com que ele(a) se sinta amado(a), e também fazê-lo(a) entender como você quer receber amor.

Talvez você seja uma pessoa que se sente amada quando seu parceiro diz palavras carinhosas, mas ele(a) nem deve saber disso, por isso ele(a) demonstra amor ajudando você em tarefas do dia a dia, por exemplo. Essa é uma atitude boa, mas você continuará insatisfeito, com seu "vaso vazio", até que ele(a) descubra a sua linguagem do amor.

A virada de ano é um bom momento para descobrirmos ou lembrarmos as cinco linguagens do amor. Você já sabe qual a sua linguagem do amor? E a linguagem de quem você ama? Veja abaixo quais são as cinco linguagens do amor: (Se possível, leia junto com seu(sua) companheiro(a):

1) Palavras de afirmação – São palavras carinhosas, que demonstram atenção, consideração e cuidado com a pessoa amada. Por exemplo: Elogios verbais: "O jantar estava ótimo!"; Afirmações: "Essa roupa ficou linda em você!"; e Incentivos: "Fique tranquilo(a), vai dar tudo certo".

2) Qualidade de tempo – É quando se dedica um tempo exclusivo, ainda que pequeno, sem interrupções. Conversas de qualidade, um passeio na praça, um café em um lugar diferente ou até mesmo assistir um filme no sofá de casa. Na verdade, não importa muito o que se faz, e sim com quem se faz.

3) Presentes – Neste caso, o que menos importa é o valor financeiro. Você pode colher uma flor, comprar uma pizza, dar uma caixa de bombons etc. Para a pessoa que se sente amada nessa linguagem, estes simples gestos significam: "Ele(a) se lembrou de mim - pensou em mim".

4) Gestos de serviço – Nesta linguagem, o que você faz fala mais alto. Lavar a louça do jantar vale mais do que aquela caixa de bombons finos que você comprou para ele(a); consertar a fechadura é mais importante do que levá-lo(a) ao cinema; levar o lixo para fora é mais relevante do que gravar músicas românticas.

5) Toque físico – O importante é saber quando, como e onde tocar a pessoa. Exemplos: dar beijos em momentos que ele(a) não espera; colocar a mão em seu ombro em uma situação difícil; abraçá-lo(a) de forma aconchegante quando ele(a) sentir medo ou insegurança.

Eu sei que muitas pessoas dirão: "Ah, eu tenho todas estas 5 linguagens do amor!" Mas é importante você identificar com seu(a) parceiro(a) qual a linguagem principal de cada um. Pois, ainda que você diga "eu te amo" em todas as linguagens, ele(a) continuará sentindo falta de algo. Use a linguagem correta e se aperfeiçoe a cada dia, ao colocá-las em prática. Você verá que seu relacionamento será bem mais saudável e o coração de vocês terá espaço apenas para o amor!