segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Reinvente a vida

Embora sendo Filho, ele aprendeu a obedecer por meio daquilo que sofreu. Hebreus 5:8

No poema “Reinvenção”, Cecília Meireles escreveu: “A vida só é possível reinventada.” De fato, toda pessoa vitoriosa tem que se reinventar constantemente. Os heróis e campeões são “reinventores”, pois a vida apresenta obstáculos a cada momento. Alguns mudam de profissão, outros mudam de lugar, outros ainda mudam de atitude, mas todos passam por reinvenções.

Uma das palavras que melhor definem a reinvenção da vida é resiliência, termo que entrou para o dicionário da psicologia nas últimas décadas. Resiliência é o poder de recuperar a forma física, emocional e espiritual depois de ter sido esticado, pressionado e torcido durante um período de tensão. É ser jogado na lona pelos golpes da vida, levantar, limpar o sangue do nariz e nocautear o inimigo. É voltar à tona e nadar quando a vida tenta nos submergir no mar das dificuldades. É ter a capacidade de suportar choques sem romper ou danificar permanentemente o sistema.

A pessoa resiliente sofre e enfrenta desafios igual a todo mundo, mas usa as dificuldades para se tornar forte como o aço. Às vezes, essa capacidade emocional, espiritual e moral aparece somente depois de experiências amargas, decepções profundas e exposição a fatores de risco. Nos últimos anos, muitos estudos têm sido feitos sobre o poder da resiliência. Alguns deles sugerem que um ambiente positivo e apoiador ajuda a desenvolver a resiliência. Outros mostram que a resiliência é mais visível num contexto de crise, perda e desvantagem.

Em 1964, o psicólogo Victor Goertzel e sua esposa Mildred escreveram um livro intitulado Cradles of Eminence (Berços da Eminência) no qual estudaram 400 personagens eminentes, como Winston Churchill, Albert Schweitzer e Liev Tolstói, na tentativa de descobrir o que contribuiu para sua excelência. Concluíram que a maioria vinha de um ambiente desafiador. Em 2004, Ted Goertzel, filho do casal, publicou uma nova edição da obra e acrescentou muitos outros nomes mais recentes, como Nelson Mandela, Teresa de Calcutá e Oprah Winfrey, chegando à mesma conclusão.

Na Bíblia, encontramos muitos heróis, como Jó, Abraão, Jacó, José, Moisés, Davi, Elias, Noemi, Rute, Ester, Pedro e Paulo, que tiveram perdas, passaram por crises, sofreram pressões, mas desenvolveram resiliência, deram a volta por cima e conseguiram reinventar a vida. Eles confiaram em Deus e se tornaram exemplos de superação.

O maior exemplo de resiliência do mundo é o próprio Jesus, que sofreu imensamente, morreu, ressuscitou e voltou, glorificado, à sua forma original. Cristo pode ajudá-lo a se tornar resiliente e reinventar a vida.

www.cpb.com.br