segunda-feira, 17 de outubro de 2016

O segredo da alegria

Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se! Filipenses 4:4

A alegria no Senhor é força, sustentação, âncora, reserva de ânimo, motivação para viver. Porém, como é difícil cultivar esse estado de espírito! Os amantes do pessimismo e do mau humor parecem ser prisioneiros da “distimia”, um tipo de depressão que se caracteriza, entre outras coisas, pela perda do prazer e pelo sentimento de negatividade.

No entanto, o apóstolo Paulo afirma que devemos nos alegrar “sempre”. Os mais desconfiados poderiam dizer: “É impossível ficar sempre alegre neste mundo cheio de problemas! Será que é isso mesmo que ele quis dizer? Não seria para nos alegrarmos apenas durante o fim de semana?” Para não deixar dúvidas, o apóstolo repete a ordem: “Alegrem-se!”

Outros podem argumentar: “Mas eu trabalho num lugar apertado, quase sem ar, rodeado de pessoas desagradáveis. O apóstolo falou isso porque não enfrentou as dificuldades que eu enfrento.” Pois bem, Paulo estava na prisão quando escreveu Filipenses, carta em que repete 16 vezes as palavras “alegria” e “alegrar-se”. Ele sabia que a alegria não depende do conforto, lugar ou espaço. A alegria está em Deus. E Deus se dispõe a morar em nosso coração. Os cinco segredos do apóstolo para manter a alegria aparecem nos versos seguintes.

Primeiramente, não ande ansioso por coisa alguma, mas apresente tudo a Deus por meio da oração e de ações de graças. Fazendo isso, “a paz de Deus, que excede todo o entendimento”, guardará o seu coração e a sua mente em Cristo Jesus (v. 6, 7).

Em segundo lugar, tenha um padrão de pensamento positivo. Pense a respeito de “tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama”, tudo o que for “excelente ou digno de louvor” (v. 8). Focalizar o lado luminoso da vida deve ser um hábito diário.

Em terceiro lugar, adapte-se às circunstâncias. Paulo disse: “Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade” (v. 12).

Em quarto lugar, tenha a certeza de que Deus lhe concederá poder para enfrentar todos os desafios. “Tudo posso naquele que me fortalece”, diz o apóstolo (v. 13).

Finalmente, acredite que Deus proverá o que você precisa. “O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus” (v. 19).

Você não se alegra focalizando os motivos para tristeza, mas conectando-se à fonte da alegria. Então, alegre-se no Senhor!

www.cpb.com.br