domingo, 27 de setembro de 2015

Não se desvie

"Não Se desvie o teu coração para os caminhos dela, e não andes perdido nas suas veredas." (Provérbios 7:25)

Os anos que vivi na selva cumprindo parte do meu ministério me ensinaram a importância de não desviar-me do caminho. Quantas vezes escolhi caminhos errados querendo encurtar distâncias e me dei mal. Na selva isso pode ser fatal.

A vida está cheia de caminhos. Sedutores, mentirosos, falsos e enganadores. A insensatez é apresentada no livro de provérbios como uma mulher bonita que pretende levar você ao almejado vale da felicidade. A isca que ela usa é o prazer. Não existe nada de errado com o prazer porque está relacionado com os sentidos e estes foram estabelecidos pelo Criador. A felicidade envolve prazer, mas o prazer nem sempre envolve felicidade. A busca do prazer pelo prazer é loucura. O fim é perdição e morte. A realidade, no entanto, é que vivemos num mundo em que as pessoas confundem felicidade com prazer.

Provérbios trás a advertência divina sobre o perigo de desviar-se. “Não andes perdido nas suas veredas” diz, referindo-se aos caminhos sedutores da nescidade.

Não sei se você andou perdido alguma vez. Um sentimento de solidão e medo apodera-se do coração. A medida que o tempo passa e o medo aumenta, parece que você fica anestesiado. Nada mais importa. Caminha sem cuidado, não mede consequências e aproxima-se temerariamente do perigo.

Esta é a figura que o sábio descreve em Provérbios. Cada vez que o ser humano se desvia voluntariamente dos caminhos de Deus, vai caindo imperceptivelmente no terreno do cinismo. A consciência não dói mais. A pessoa fica insensível e avança perigosamente na senda de sua auto destruição.

Viva com sabedoria. Reviva seus sonhos, lute pelas pessoas que você ama, pelos valores e princípios que vem do Senhor e caminhe vitorioso na conquista dos seus ideais.

Não saia hoje para cumprir a sua agenda sem ter a certeza de que está andando nos caminhos de Deus. Aprenda a desconfiar de seus “instintos” e a ser mais obediente aos conselhos divinos.