terça-feira, 16 de junho de 2015

A família de Onesíforo

"Conceda o Senhor misericórdia à casa de Onesíforo, porque, muitas vezes, me deu ânimo..." (2 Timóteo 1.16) 

Onesíforo é um homem pouco conhecido pelos cristãos. Entretanto, prestou um trabalho vital ao apóstolo Paulo. Morava em Éfeso, a capital da Ásia Menor, onde Paulo esteve por três anos. Ali prestou muitos serviços ao apóstolo, num tempo em que Paulo travou lutas maiores do que suas forças. Esse valente, quase anônimo, foi um bálsamo na vida do apóstolo Paulo. Ao saber da prisão de Paulo em Roma, saiu de sua cidade e rumou para a capital do império à procura do apóstolo. 

Procurou-o diligentemente até encontrá-lo. Correu todos os riscos para prestar assistência a Paulo. Confortou sua alma na sala de espera do martírio. Muitas vezes encorajou Paulo e lhe deu ânimo nas horas mais sombrias da vida. Paulo, nesta última prisão, lidou com o drama da solidão, do abandono, das privações, da traição e da ingratidão (2 Timóteo 4.9-18). Mas, Onesíforo não desistiu de Paulo, mesmo sabendo que ele estava sendo acusado como um malfeitor (2 Timóteo 2.9). 

Por causa disso, todos os da Ásia abandonaram o velho apóstolo (2 Timóteo 1.15). Mas quando todos os da Ásia deram marcha à ré, abandonando Paulo, Onesíforo pisou no acelerador e estendeu os braços para socorrer o apóstolo. Você tem se esforçado para abençoar seus amigos, ainda que se aproximar deles possa causar-lhe sérios riscos?

Pastor Hernandes Dias Lopes