terça-feira, 20 de janeiro de 2015

O inverno vem e vai

O inverno já foi, a chuva passou, e as flores aparecem nos campos. É tempo de cantar;... (Cântico dos Cânticos 2:11-12)

“Assim como todos os seres vivos, as pessoas atravessam estações – a primavera das novas possibilidades, quando tudo parece excitante e fresco; o verão da realização, quando estamos cheios de energia e criatividade; o outono do desencantamento, quando começamos a perder o interesse; e o inverno do descontentamento, quando nos sentimos vazios, com medo de ter perdido o entusiasmo pela vida.” (Ryan M.J)

Todos nós vivenciamos esse processo, mas muitas pessoas não o percebem. Por isso, tentam permanecer sempre na primavera e no verão e recorrem a medicamentos, distrações ou a qualquer recurso para impedir de entrarem no outono ou no inverno.

É preciso lembrar que o outono e o inverno também fazem parte do processo de crescimento de qualquer ser vivo. Somente quando nos desapegamos dos maus hábitos das estações passadas é que criamos espaço para o novo.

O jardineiro sabe que os ciclos da natureza são necessários. Não podemos plantar uma semente na estação errada e esperar que ela floresça na certa. Não se pode puxar as folhas ou abrir as pétalas do botão para acelerar o desabrochar de uma rosa. Tudo tem que acontecer no seu devido tempo. Nós também precisamos respeitar o tempo.

Quando nos lembramos de que “há tempo para todo propósito debaixo do céu” (Eclesiastes 3:1), deixamos de tentar fazer a vida ser diferente do que é. O outono e o inverno duram o tempo necessário, mas sempre acabam, assim como a primavera e o verão. Esta é a lei da natureza.

Nos países de clima temperado, o inverno é utilizado para a realização da poda da videira e tem por objetivo prepara-la para a frutificação. Essa “limpeza” é essencial para que a videira produza boas uvas, que se transformarão em bons vinhos.

Tal qual a videira, nós também precisamos ser “podados” para nos preparar para a primavera de bons frutos. “Coisas como examinar o que é importante para nós, que dons possuímos e que tipo de legado queremos deixar. O inverno é a época ideal para nos prepararmos para o que virá, mesmo que ainda não saibamos muito bem o que será”. 

Você pode estar passando por um momento de inverno pessoal. Você pode não saber o dia que ele acabará, mas pela fé você pode visualizar a primavera. O inverno vem e vai. E quando ele passar, as flores virão, e você poderá cantar louvores de gratidão ao Jardineiro que tem cuidado todos os dias de você.