sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Viver a vida

Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio. (Salmo 90:12)

O salmo 90 é uma das mais sublimes composições sobre a vaidade da vida humana. Pudéssemos ver o fim de nossa vida e de muitas das coisas às quais atribuímos valor absoluto, certamente entenderíamos que muitos de nossos esforços e paixões não passam de insanidade. Ficaríamos horrorizados com nossa estupidez. O que podemos aprender de nossa vida e da observação de outras vidas quando, à luz da sabedoria divina, nós nos aplicamos a alcançar um coração sábio? Quero, neste dia, compartilhar com você dez lições que aprendi:

1. Tudo o que temos ao redor é temporário e um dia vai passar. Todas as coisas serão feitas novas pelo Criador. Em uma questão de tempo, os eventos que hoje parecem tão importantes serão vistos de outra perspectiva.

2. Excesso de compromissos e pressão do tempo são os principais assassinos dos relacionamentos. Qualquer relacionamento requer tempo para ser desenvolvido. Isso vale tanto para o relacionamento com Deus como entre esposos e com os filhos.

3. Trate as pessoas como você gostaria de ser tratado. Busque reprimir a centralização básica no “eu”. Nunca explore nem tire vantagens dos outros. Aproveite as oportunidades para tornar suas amizades mais fortes.

4. O valor humano não depende da aparência, inteligência nem de realizações.

5. A comparação é a base de todo sentimento de inferioridade. No momento em que começamos a examinar os pontos fortes dos outros, em oposição às nossas fraquezas, a autoestima começa a ser abalada. Muitos são como a rã que queria ser boi e acabou explodindo.

6. Como regra geral, nunca arrisque aquilo que você não se pode dar ao luxo de perder.

7. Se você está passando por tempos difíceis, permaneça firme. Isso vai passar. Se você está experimentando dias tranquilos, isso também vai passar. As únicas coisas que permanecem são as que, por natureza, são inabaláveis.

8. Um dos segredos da vida bem-sucedida encontra-se na palavra equilíbrio.

9. Seja cuidadoso nas escolhas, mesmo as pequenas, porque elas condicionam as grandes.

10. Recuse o complexo de vítima. Mude o que pode ser mudado e aceite o inevitável com confiança no poder dAquele que pode todas as coisas.
Casa Publicadora Brasileira