sexta-feira, 18 de julho de 2014

O Senhor o fortalecerá

Quando vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, bem como os livros, especialmente os pergaminhos. (2 Timóteo 4:13)

Paulo é o autor de 13 dos 27 livros do Novo Testamento. Ele redigiu palavras que nos inspiram e desafiam. Escreveu palavras que nos confortam e fortalecem. Mas escreveu também outras palavras, como as do último capítulo da segunda carta a Timóteo. Essas são singulares. O que as torna exclusivas é o fato de que são as últimas palavras do apóstolo.

Ele estava na prisão pela segunda vez. Não sabemos exatamente a razão deste aprisionamento. Agora, ele não foi mais colocado em uma prisão especial. De acordo com fontes antigas, ele estava aprisionado na Prisão Mamertina, em Roma. O local de aprisionamento era numa cela abaixo do chão, um tipo de porão. Evidentemente, sua defesa no tribunal não tinha sido bem-sucedida. Paulo estava certo de que a morte estava próxima. Ele escreveu o último capítulo ao amigo Timóteo, fazendo alguns pedidos.

Charles Swindoll escreveu uma paráfrase imaginária dessa passagem das Escrituras, ajudando-nos a entender como Paulo estaria se sentindo. Ele talvez quisesse dizer algo mais ou menos assim: "Eu preciso da minha capa, que deixei na casa de Carpo, em Trôade. Você não terá dificuldade em encontrá-la. É uma capa velha, mas esteve nas minhas costas durante muitos invernos. Ela foi molhada pelas chuvas do Mediterrâneo, pelas neves das montanhas da Panfília. Tornou-se cinzenta e amarronzada com a poeira da Via Ápia. Manchada com o meu sangue no apedrejamento em Listra. A capa está surrada, Timóteo, mas, com a chegada do inverno, eu preciso dela para me aquecer. Preciso também dos meus livros. Você se lembra, eu os lia nos rigores de muitas viagens. Também preciso dos pergaminhos, minha posse mais preciosa. Preciso do conforto dos Salmos, da fortaleza dos profetas, da percepção e sabedoria de Salomão. Esses pergaminhos vão aquecer-me o coração e trazer esperança neste lugar desolado. O tempo de minha partida está próximo. Portanto, não demore."

Talvez você esteja sentindo o inverno em sua vida. Estação do frio, de ventos gelados soprando sobre seus ombros. Estação em que você se sente isolado e desencorajado. Talvez esperando o conforto de amigos que demoram. Leia as últimas palavras de Paulo: "Mas o Senhor me assistiu e me revestiu de forças" (v. 17). Ele ajudará e fortalecerá você também.