sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Precisamos de segurança

Eu penso que o que sofremos durante a nossa vida não pode ser comparado, de modo nenhum, com a glória que nos será revelada no futuro. (Romanos 8:18)

Estamos vivendo um momento de muita insegurança. Percebe-se cada vez mais a insuficiência das autoridades policiais no combate à criminalidade. O que observamos em nossa volta nos leva a concluir que precisamos estar abrigados por uma força sobrenatural. Mas esse medo não acontece só nos dias de hoje.

Na carta aos Romanos, Paulo já procurava tranquilizar as pessoas dizendo que o Espírito Santo nos torna livres do medo e, pelo seu poder, podemos contar com a proteção do Pai Celestial. O Espírito Santo em nós nos convence de que somos filhos do Deus Soberano, o mesmo que controla todos os acontecimentos do Universo, impedindo que o mal tome conta de tudo.

Sendo seus filhos, recebemos as bênçãos e as promessas que ele tem para o seu povo. Não somente agora, mas também na eternidade. O Universo, que se tornou assim porque Deus quis que fosse assim, geme, mas espera com muita impaciência o momento em que Deus irá restaurá-lo.

Um dia o próprio Universo ficará livre do poder destruidor que o mantém escravo do medo e tomará parte na gloriosa segurança preparada para os filhos de Deus.

Pois, não somente o Universo, mas nós, que temos o Espírito Santo como o primeiro presente que recebemos de Deus, também esperamos que Deus nos liberte completamente do medo.

Porém, se estamos esperando alguma coisa que ainda não podemos ver, então esperamos com paciência. Neste período de preparo podemos contar com a ajuda do Espírito Santo, pois com gemidos que não podem ser explicados por palavras, pede a Deus em nosso favor de acordo com a vontade divina.

De fato, Deus tem preparado um lugar maravilhoso, onde poderemos viver com segurança, paz e tranquilidade. Será um lugar lindo, cheio da glória de Deus. Nada neste Universo pode ser comparado ao que Deus tem preparado para aqueles que o amam. 

Então, apesar de tudo que vemos e sentimos, tenhamos a certeza de que “todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem ele chamou de acordo com o seu plano”. (Romanos 8:28).