sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Cabide de toalhas

Que o Senhor os faça compreender melhor o amor de Deus por vocês e a firmeza que ele, Cristo, dá! (2 Tessalonicenses 3:5)

Quem já não fez alguma promessa consigo mesmo de cuidar melhor da saúde e começar a praticar exercícios físicos? Geralmente no início de ano muitas pessoas resolvem se tornar mais saudáveis e começam a cuidar do corpo. Isso é muito bom! Quantos chegam a comprar uma bicicleta ergométrica e colocá-la em frente a uma TV com a firme convicção de que “agora vou entrar em forma”? Entretanto, é comum ver bicicletas se tornarem cabides de toalhas.

Um personal treiner disse que está acostumado a ver as pessoas começarem animadamente a prática de exercícios. Apesar de dar grandes incentivos, ele percebe que em poucos meses muitos desistem. Sabendo disso, as academias pedem que o novo aluno assuma o compromisso de frequentá-las por um ano, exigindo que deixem cheques pré-datados em garantia. 

Fazer exercício físico é questão de perseverança. A mesma filosofia se ​​aplica à fé. Deus inúmeras vezes se revela ao homem pela sua graça e seu poder. A sua Palavra é a prova disso. Mas apesar de sua insistência, muitos, em momentos de dúvida ou fraqueza, questionam o plano divino para a sua vida e, diante das aflições, afastam-se do Senhor. 

A Palavra de Deus é o nosso equipamento de treino. É a nossa esteira da fé. Suas palavras oferecem incentivos para enfrentarmos as dúvidas e descrenças.

“Meus irmãos, sintam-se felizes quando passarem por todo tipo de aflições. Pois vocês sabem que, quando a sua fé vence essas provações, ela produz perseverança. Que essa perseverança seja perfeita a fim de que vocês sejam maduros e corretos, não falhando em nada! Mas, se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos. Porém peçam com fé e não duvidem de modo nenhum, pois quem duvida é como as ondas do mar, que o vento leva de um lado para o outro. Quem é assim não pense que vai receber alguma coisa do Senhor, pois não tem firmeza e nunca sabe o que deve fazer”. (Tiago 1:2-8)

A verdade é que nossos exercícios espirituais não são diferentes dos físicos. Se você quer correr uma maratona, você primeiro tem que correr um quilômetro. Se você quer se tornar um vaso de bênçãos, você tem que começar a praticar a Palavra.

Portanto, não tenha medo de provações e desafios, mas abrace-os como oportunidades para amadurecimento da fé. No início não será fácil, pois é possível que você passe por experiências difíceis e dolorosas. Mas no final você vai olhar para trás e saber que se tornou mais forte. Não deixe seu equipamento da fé se tornar um “cabide de toalhas”.