terça-feira, 4 de junho de 2013

Por que tanta violência?

Porque o mundo jaz no Maligno. (1 João 5:19) 

Enquanto falava do amor de Deus, a pessoa que me ouvia fez a seguinte colocação: “Eu não acredito em Deus por causa da maldade. Olha a violência. Ninguém tem medo de ser preso. A impunidade impera. Os bandidos zombam das leis. O desrespeito ao próximo está em todo lugar. Motoristas bêbados, menores armados, caixas eletrônicos explodidos, sequestros relâmpagos, estupros, assassinatos, etc. Além de tudo, temos pessoas suspeitas e condenadas fazendo nossas leis. Com tudo isso você vem me falar do amor de Deus?” 

Eu disse: A lógica do seu raciocínio está invertida. Vejamos: O mal respeita algum limite? Não. O mal respeita a lei? Não. O mal respeita a ética? Não. O mal respeita a moral? Não. Então porque que o mal não tomou conta de tudo? É esta a resposta que você deveria buscar. O mal não tomou conta de tudo porque há um poder no Universo impedindo que o mal tome conta de tudo. E a Bíblia diz que esse poder é Deus, que nos ama. 

Eu creio que Deus fica profundamente triste em ver a humanidade sofrendo assim. Ele gostaria muito de poder agir, mas respeita as nossas escolhas. Escolhemos afastá-lo de nossas decisões, de nossas vidas. Não queremos mais seus ensinamentos. Julgamos ultrapassados os princípios bíblicos. Achamos uma violência corrigir nossos filhos quando se comportam mal... 

Ao observamos campanhas a favor do aborto, do homossexualismo, da liberdade para usar o corpo como quiser, nós concordamos. Apoiamos as campanhas que incentivam o uso de camisinha, em vez de combatermos a prostituição e o sexo fora do casamento. Aceitamos a pornografia como direito de expressão. Elegemos políticos suspeitos e condenados. Quando aprovam leis que dão margem à impunidade e legislam em causa própria, nós dizemos “que faz parte do processo democrático”. Não nos importamos com o mau comportamento de nossos líderes e governantes – que deveriam ter reputação ilibada – e assim, “dizemos” aos nossos filhos que o que fazem é normal, é permitido. 

Agora estamos nos perguntando por que tanta violência, por que não se distinguem entre o bem e o mal, o certo e o errado, por que cometem crimes sem nenhum pudor. Se analisarmos seriamente, perceberemos que estamos colhendo exatamente o que semeamos! 

O mundo todo está debaixo do poder do Maligno, mas ainda há esperança. Ela está na educação baseada nos ensinamentos daquele que mais entende do comportamento humano: Deus. 

Portanto, antes que o mal tome conta de tudo, voltemos-nos para a solução há tempos proposta pelo Criador. A solução é Jesus Cristo, e seus ensinamentos como Filho de Deus.