terça-feira, 13 de novembro de 2012

Fujam!

Obedeçam a Deus e enfrentem o Diabo, que ele fugirá de vocês. (Tiago 4:7) 

Certa vez um homem de negócios com excesso de peso decidiu que estava na hora de perder uns bons quilos. Levava a sério sua dieta, chegando mesmo a mudar de rota para evitar a doceria favorita. 

Numa manhã, entretanto, ele apareceu no trabalho com um bolo gigante de chocolate. Os colegas de escritório começaram a zombar dele, mas ele permanecia impassível com seu sorriso. “Este é um bolo especial”, disse: “Acidentalmente, tive que passar em frente à doceria nesta manhã e ali, na vitrine, havia grande quantidade de bolos. Senti que não era tão acidental assim, e orei: ‘Senhor, se é de Tua vontade que eu compre um destes bolos de chocolate, que haja um lugar para estacionar em frente da porta da doceria’. Depois de oito voltas na quadra, apareceu o lugar.” 

A tentação vem, até porque está escrito: “Estejam alertas e fiquem vigiando porque o inimigo de vocês, o Diabo, anda por aí como um leão que ruge, procurando alguém para devorar.” (I Pedro 5:8). 

Mas não é só o inimigo das nossas almas que nos tenta. A maioria das vezes, somos tentados pelas nossas próprias fraquezas. Não importa se é um pedaço de bolo, ou alguma coisa que não devemos ter, algo que não devemos fazer, ou um lugar aonde não devemos ir. 

É verdade que não seremos salvos pelas nossas forças e não conseguiremos vencer o pecado se não for pela graça de Deus, mas é bom fugirmos da tentação, ou seja, ficarmos longe do lugar onde ela está. 

Fujamos das paixões da mocidade e procuremos viver uma vida correta, com fé, amor e paz, junto com os que com um coração puro pedem a ajuda do Senhor. (II Timóteo 2:22). Quer dizer, corramos na direção contrária. Se temos problemas com bebida alcoólica, não passemos em frente ao bar. Em outras palavras, não fiquemos nadando nem brincando ao redor da isca, muito menos olhando para ela. 

Quão perto podemos nos aproximar do fogo e não nos queimar? E se sairmos quando sentirmos cheiro de fumaça? A preocupação deve ser: Como podemos ficar o mais longe possível do pecado? 

O diabo pode dizer: “Tire uma folga espiritual neste fim de semana. Só hoje à noite. Só uma hora. Afinal, é só uma visita à zona proibida. Você é maduro e sabe que não vai ficar lá.” 

Uma vez perguntaram para Mel Gibson por que ele tinha colocado uma linda mulher com véu para representar o mal no filme A Paixão de Cristo. Ele respondeu: “O mal toma a forma de beleza, é quase bonito... ele se disfarça e se mascara, mas se as antenas de vocês estiverem ligadas, vão identificá-lo.” 

As tentações que temos de enfrentar são as mesmas que os outros enfrentam; mas Deus cumpre a sua promessa e não deixará que soframos tentações que não temos forças para suportar. Quando uma tentação vier, Deus dará forças a nós para suportá-la, e assim poderemos sair dela. (I Coríntios 10:13).