sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Ficar solteiro(a)!

Realmente, eu gostaria que todos fossem como eu. Porém cada um tem o dom que Deus lhe deu: um tem este dom, e outro, aquele. (1 Coríntios 7:7)

“Quando não são os poetas cantando 'fundamental é mesmo o amor. É impossível ser feliz sozinho...', tem sempre uma mãe, uma tia ou um amigo condenando quem está solteiro, como se a situação fosse um problema. Mesmo assim há quem prefira passar a maior parte do tempo no time dos solteiros, assim como há quem passe dias, meses, anos cabisbaixo por não ter um “esquenta pés” para chamar de seu. [...]

O fato é que saber lidar bem tanto com a fase da maior propensão à solteirice, recusando a ideia de relacionamentos fixos, quanto naquela em que não se consegue passar sem um romancezinho que seja, não costuma ser algo fácil, pois as pessoas vivem trocando de desejos e expectativas que são só delas, ou seja, nunca serão totalmente correspondidas. [...]

Ficar sozinho, no entanto, pode ser uma opção prazerosa, na qual se descobre o valor da própria companhia, aproveitam-se melhor os amigos e a família. 'E quem é incapaz de construir uma vida bacana sozinho, jamais será uma pessoa interessante para se relacionar amorosamente', explica o psicólogo Thiago de Almeida.” (Ana Maria Madeira)

Permanecer solteiro é uma arte, mas tem suas limitações. São poucas as pessoas que possuem esse dom. O próprio Criador disse que não é bom que o homem fique só. Entretanto, o apóstolo Paulo – que disse ter recebido de Deus o “presente” de ficar solteiro – fez algumas considerações sobre o assunto:

– Eu quero livrá-los de preocupações. O solteiro se interessa pelas coisas do Senhor porque quer agradá-lo. Mas o homem casado se interessa pelas coisas deste mundo porque quer agradar a sua esposa e por isso é puxado para duas direções diferentes. Quanto às mulheres, tanto as viúvas quanto as solteiras, elas estão interessadas nas coisas do Senhor porque querem se dedicar de corpo e alma a ele. Mas a mulher casada se interessa pelas coisas deste mundo porque quer agradar o marido.

– Eu estou dizendo isso porque quero ajudá-los. Não estou querendo obrigar ninguém a nada. Pelo contrário, quero que façam o que é direito e certo e que se entreguem ao serviço do Senhor com toda a dedicação. Aos que ficaram noivos, mas resolveram não casar mais, eu digo o seguinte: se o rapaz sente que assim não está agindo certo com a sua noiva e acha que a sua paixão por ela ainda é muito forte e que devem casar, então que casem. Não existe pecado nisso. (1 Coríntios 7:32-36)

Quando o homem e a mulher decidem constituir uma família, eles simplesmente não podem mais ignorá-la. Hoje, os pais fazem de tudo para prover o bem-estar do lar. Evidentemente, servir a Deus torna-se mais complicado. Cristo nos chamou para ir ao mundo pregar o evangelho, fazer discípulos de todas as nações, levantar-se contra a injustiça, alimentar os famintos, curar os doentes, falar por aqueles que não têm voz. Não é impossível, mas difícil fazer tudo isso sem comprometer o cônjuge e filhos.

Então, enquanto estiver solteiro, por opção ou não, você tem várias atividades para serem realizadas. Com Cristo você não está limitado. Deus te deu o potencial para impactar muitas pessoas – quem sabe quão significativa sua vida poderá um dia se tornar! Por isso, usufrua da solteirice, que é também um presente de Deus!