sexta-feira, 20 de julho de 2012

Tesouro raro

O amigo ama em todos os momentos. (Provérbios 17:17) 

Ao olhar as fotografias das férias, meu coração se aquece ao ver os rostos de amigos e irmãos que têm desempenhado papéis diferentes na minha vida: intercessor, aconselhador, alegrador, ouvinte, incentivador, crítico construtivo, e assim por diante. Eu vejo nesses adjetivos muitas maneiras de servir e doar de si mesmo aos outros. Eu sou abençoado a cada vez que lembro o que meus amigos têm sido para mim. 

Diante disso, eu também sinto uma obrigação: O que estou fazendo para meus amigos? Eu estou sendo para eles o que eles têm sido para mim? Eu tenho me colocado à disposição de Deus para ser bênçãos na vida deles? 

Ralph W. Emerson disse a famosa frase: “A única maneira de ter um amigo é ser um.” E ele estava certo sobre isso. Amizades não acontecem por acaso. Elas levam tempo. Elas exigem esforço. Elas precisam ser cultivadas. Isso significa que todos nós temos que fazer alguma coisa se quisermos cultivar e fazer amadurecer as relações com os outros. 

Quando faço meu login nas redes sociais ou programo um churrasco na minha casa, eu sempre reflito se estou realmente disposto a ser um amigo “que ama em todos os momentos”. Isso significa que tenho que estar pronto para eventualmente alterar os meus planos de vida, a fim de encontrar tempo para ajudar a satisfazer as necessidades dos amigos, inclusive daqueles virtuais. 

Isso é algo que Deus está trabalhando em mim. Estou disposto a ajustar os meus planos e sacrificar o meu tempo e meus desejos em favor dos meus amigos? Ou aquilo que estabeleci como alvo na minha vida é mais importante? Eu estou buscando a direção do Senhor? Eu estou prestando atenção ao que Deus me direciona? 

A amizade faz da vida uma verdadeira festa. As melhores comemorações não têm sentido se não houver um amigo que as celebre conosco, que brinde conosco, que nos abrace e compartilhe de nossa alegria. 

Entretanto, o amigo é um tesouro raro. Sendo assim, é mister escolhê-lo bem. A amizade é um bem imprescindível. Sem ela, a vida seria monótona, amarga, difícil. É por isso que a amizade é um tesouro raro que não se pode desprezar. 

Também é importante saber que é mais modesto e mais verdadeiro dizer que “vamos ficando amigos” do que proclamar que “somos amigos”, porque a amizade não é algo realizado de uma vez por todas. É, antes, uma vivência dinâmica, que se deve redescobrir cada dia. 

A amizade é como o vinho. Que longa permanência na sombria adega, desde o mosto de sabor desagradável e enjoativo até o gostoso vinho velho! 

Sem dúvida, se você realmente quer ser um amigo, prepare-se, porque em algum momento de sua vida Deus vai lhe dar a oportunidade de sê-lo. 

Não perca tempo! Faça um inventário dos amigos que você tem hoje e relacione quais as mudanças precisam ser feitas na sua vida para que eles, de coração, lhe chamem de amigo.