sexta-feira, 15 de junho de 2012

Explore seu potencial

Peço que Deus abra a mente de vocês para que vejam a luz dele e conheçam a esperança para a qual ele os chamou. E também para que saibam como são maravilhosas as bênçãos que ele prometeu ao seu povo e como é grande o seu poder que age em nós, os que cremos nele. (Efésios 1:18-19)

Deus tem uma maneira de elevar o nosso potencial, até ao ponto de ficarmos surpresos com as nossas próprias realizações.

Você já ficou surpreso com algo que você tenha feito que imaginava ser impossível? Eu já fiquei. Na verdade, algo impossível aos nossos olhos é realizado pela capacitação que Deus nos dá. Quando nós confiamos nele e na sua maneira e hora de agir, ele nos usa para realizar de forma surpreendente o seu propósito. Às vezes ficamos estupefatos.

Não deveríamos ficar surpresos porque sabemos que em Cristo somos capazes de ser vitoriosos em toda e qualquer situação. No entanto, como estamos em processo de crescimento espiritual, ainda duvidamos do que Deus pode fazer através de nós.

Todos nós temos um grande potencial, ilimitado na verdade. Mas, em vez de acreditarmos no que Deus é capaz de fazer conosco, escolhemos acreditar nas mentiras do nosso adversário. Espiritualmente, precisamos perceber que o nosso potencial em Cristo transcende qualquer obstáculo e deve ser explorado. Por quê?

Porque Cristo nos livrou da condenação eterna – Não existe nenhuma condenação para nós que estamos unidos com ele. (Romanos 8:1)

Porque ele nos transformou em uma nova pessoa – Se estamos unidos com Cristo, somos uma nova pessoa; acabou-se o que era velho, e já chegou o que é novo. (2 Coríntios. 5:17).

Porque ele nos adotou e por meio da fé todos nós somos filhos de Deus. (Gálatas 3:26).

Porque ele nos deu uma herança – Quando nós ouvimos a verdadeira mensagem, a boa notícia que trouxe para nós a salvação, nós cremos em Cristo. E Deus pôs em nós a sua marca de proprietário quando nos deu o Espírito Santo, que ele havia prometido. O Espírito Santo é a garantia de que receberemos o que Deus prometeu ao seu povo. (Ef 1:13-14).

Porque ele nos auxilia – Ele pediu e o Pai nos deu outro Auxiliador, o Espírito da verdade, para ficar conosco para sempre. (João 14:16-17).

Portanto, somos pessoas completas. Temos um grande potencial. Vamos lembrar sempre de quem somos em Cristo. O Criador do universo vive dentro de nós representado pelo Espírito Santo. O nosso corpo é habitação santa. Por isso, estejamos preparados para sermos surpreendidos com nossas próprias realizações, porque com a força que Cristo nos dá podemos enfrentar qualquer situação. (Filipenses 4:13)

Você acredita que Deus o criou com um grande potencial para ser instrumento usado por ele nas grandes realizações? Não se apóie no seu próprio entendimento, mas confie no Senhor.

8 comentários :

  1. Viver no vento do Espirito, ser totalmente conduzido por Ele, ~e o remedio, alivio imediato para todas as nossas frustracoes. E interessante como somos objeto facil de engano,nos comovemos e muitos deixam se levar por pensamentos humanos e por diversas vezes guiados pelo inimigo de nossas vidas.Palavras são palavras, nada mais que palavras, mas, a Palavra de Deus e a Palavra!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Elbem, tudo bem?
    Obrigada, mais uma vez, por seus maravilhosos devocionais.
    Bom, sei que é uma pessoa muito usada por Deus e não gostaria de importuná-lo com minhas "situações", mas penso que você pode me ajudar a responder um questionamento que me aflige.
    Acho que já li em algum de seus devocionais que o senhor é ou foi agente público. Bem, eu sou advogada há três anos e meio, mas desde que me formei estudo para concurso.
    Meu objetivo sempre foi AGU. Em 2010, quando havia um ano que eu estudava, saiu concurso para Procurador Federal. Eu tinha muita fé que Deus ia me conceder essa benção. Na verdade, eu acabei atropelando um pouco as coisas. De tanta fé de que era Ele, e não eu, saí falando a todos que Ele me passaria. Minha mãe ainda brincou: "filha, só dê testemunho após conquistada a bênção, e não antes". Bem, eu passei na primeira fase, o que para mim foi grande vitória. Anularam umas 15 questões, 10 me favoreceram, e as outras 5 não me atrapalharam, o que me alavancou na classificação. Na segunda fase, eram duas provas, uma de parecer, uma de peça com 3 questões cada uma (valendo 100 cada prova). Precisava somar 120 pontos no total, mas tinha que acertar, pelo menos, 50% de cada prova. Fiz 123 pontos no total, mas na prova de parecer ficou faltando algo em torno de 2,5 pontos. Os recursos não surtiram efeito, e não passei.
    Na época não entendi nada. Mas depois, óbvio, entendi que não era a hora, e demorei também a entender que as coisas eram do jeito de Deus, e não do nosso. Mas entendi.
    EM 2011 a DIlma cortou os concursos federais, e prestei um outro nada a ver, e não passei. Esse ano saíram dois: Advogado da União e Procurador da Fazenda Nacional. Estou estudando bem desde fevereiro. Desde aquele concurso não tinha conseguido estudar muito bem. Como se algo me retivesse. Sei que é Deus quem me dá forças para estudar, e condições, obviamente, Ele me dá a inteligência, Ele faz o milagre e, se for da vontade dELe, sei que posso passar. No entanto, algo tem me afligido nos últimos meses. Será que ser advogada pública é como ser uma defensora de um criminoso? Será que eu posso ser cristã e advogada pública ao mesmo tempo? Eu terei que defender a União em face dos coitadinhos. É uma carreira um tanto burocrática, não há nada de antiético, mas não seria contra os preceitos de Deus? Eu sei que eu tenho que confiar que Deus tem o melhor pra mim, mas me assombra pensar que eu posso não passar. Já entreguei esse concurso nas mãos de Deus (pelo menos tento todos os dias), estou dando o máximo que consigo, o que não tem sido tanto assim quanto eu gostaria, mas sei que se Ele quiser, eu passarei. Ao mesmo tempo, não me vejo fazendo outra coisa. Tenho muita vontade de servir a Deus de alguma forma. Eu canto, mas tenho muita vontade de ser uma profissional. Tenho 27 anos e nunca trabalhei, me sinto um pouco inútil. Eu sei que Ele não me vê assim, mas me importo muito com o que os outros pensam, talvez. Puxa, que desabafo. Não queria incomodá-lo, mas se o senhor tiver uma visão mais aberta sobre o que Deus pensa a esse respeito, por favor, me responda. Quero ser mãe, e esposa, quero ser uma profissional, mas quero também largar mão de qualquer vontade quando Jesus assim quiser. Quero fazer a vontade dEle e não a minha, mas sinto por ter ficado esses anos todos estudando, para jogar tudo fora. Ao mesmo tempo, se Ele quiser assim, não quero e não posso questionar, mas vai doer, mas não importa, claro, porque Ele está em primeiro lugar.
    Agradeço desde já sua atenção.
    Um abraço, que Jesus abençoe toda a sua família e sua vida grandemente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Caríssima, concordo totalmente com você sobre os devocionais do Elbem, são maravilhosos mesmo.
      Perdoe-me, mas não pude deixar de ler seu comentário e tive muita vontade de falar com você. Assim, tomo a liberdade...

      Aparentemente, você vive diversos conflitos e se pergunta o que Deus quer para a sua vida. Na verdade, Deus nos concedeu o livre arbítrio para escolher nossos próprios caminhos. Se você anda no caminho do bem não tem o que temer em relação a nada, nem relação ao seu presente, nem ao futuro. Se você está feliz com a profissão que escolheu se entregue a ela, sem medos. Como o Elbem bem disse não há nada de errado em ser advogada da União.

      Você diz que fez faculdade e desde então estuda para passar em um concurso público. Esse é o sonho de milhares de pessoas por conta da estabilidade, da segurança que isso gera. Mas ao mesmo tempo em que você não está trabalhando e só se dedica aos estudos sente-se inútil.

      Para mim isso significa duas coisas: a primeira é que você é uma mulher responsável; a segunda é que talvez, justamente por não estar trabalhando, é que esteja vivendo tantos dilemas e angústias.

      Na Bíblia há diversas passagens que falam como é importante o trabalho em nossa vida. Certamente você também já ouviu o ditado que diz que mente vazia é oficina do diabo e que o trabalho edifica o homem. É isso mesmo. Por isso o trabalho é tão importante para ocupar parte do nosso tempo. Os estudos são importantíssimos, mas não preenchem essa lacuna. Já tive um amigo que fez a mesma coisa que você. Parou tudo para somente estudar. Demorou 6 anos para ele passar num concurso.. então imagine o que ele viveu nesse período... Sabe, os próprios especialistas dizem que isso não é bom para o candidato, logicamente aumenta a cobrança e o estresse e isso atrapalha.

      Como você mesma disse que nunca trabalhou como pode ter certeza de que realmente quer ser advogada da União? Quem sabe você descobre que tem outro talento ai, escondido, outro sonho? E se você passar no tal concurso da AGU e achar que está no caminho errado, que não é de Deus, o que a impedirá de sair de lá? Nada, sabe por quê? Porque nosso Senhor estará do seu lado. E a ajudará a passar em outro, e outro e outro...

      Já vi alguns jovens sem nunca terem trabalho antes passarem em concursos e, sinceramente, não acho isso positivo. A pessoa não tem experiência de vida, na convivência humana, no trato com os demais colegas, com o próprio trabalho e já entra ganhando um bom salário e tendo um cargo de grande responsabilidade, sem nunca ter estado numa posição em que pudesse aprender realmente como se comportar num emprego, como ser profissional, como é lidar com conflitos e personalidade diferentes... isso é o tempo, a experiência que faz a gente ter, não nascemos sabendo.

      Perdoe-me mais uma vez por estar dando uma opinião que talvez não sirva de nada para você e sequer que você pediu, mas realmente me senti tocada para falar com você...

      O que eu faria no seu lugar? Continuaria firme no meu propósito de estudar para passar no concurso que almejo, em realizar o meu sonho, mas também procuraria algum trabalho, mesmo que eu não conseguisse na área do Direito para ocupar a outra parte do meu tempo, ganhar mais experiência, me sentir mais útil e menos cobrada em passar logo no concurso. E claro, consequentemente entregaria, de verdade, o meu futuro nas mãos de Deus, sem angustias, sem anseios, pois teria certeza de que estou fazendo minha parte e naturalmente o que tiver de ser será.

      Fica em paz. Faça o bem. Confia. Vai dar tudo certo.

      “Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos! Pois comerás do trabalho das tuas mãos, feliz serás, e te irá bem”. Sl 128. 1-2.

      Excluir
    3. Querida Veronica, é muito bom poder contar com irmãos em Cristo, pessoas que carregam consigo o amor que vem do Senhor.
      Muito obrigada mesmo por sua ajuda, vocês me fizeram chorar hoje, rs.
      Vou tentar explicar porque escolhi essa "vida". Eu fiz estágio na Procuradoria da Fazenda, e gostei demais do trabalho
      bem como, é claro, das condições de trabalho, além do que, as disciplinas envolvidas são minhas preferidas.
      Ao mesmo tempo, me conheço bem. Assim como vários amigos que queriam seguir carreiras públicas e começaram a advogar,
      eu jamais conseguiria trabalhar e estudar ao mesmo tempo, e jamais conseguiria deixar o trabalho de lado para me dedicar
      aos estudos. Então, aproveitei o pique quando me formei para me dedicar exclusivamente a isso. Concordo com você que
      ingressar em uma carreira sem ter tido muita experiência pode não ser bom, mas eu não tinha muita opção, não consigo fazer
      duas coisas ao mesmo tempo. Por isso, se eu tiver que trabalhar agora, abandonaria os estudos na certa. Além disso, pelos
      estágios da faculdade e desses anos em que advoguei em algumas causas para conseguir a prática exigida em alguns concursos,
      a advocacia privada não me animou.
      De fato, estudar não ocupa sua mente como trabalhar, você pensa e lê o dia todo, mas ao mesmo tempo não se ocupa com
      coisas práticas, por isso tem tempo para pensar demais na vida, o que pode ser ruim, como foi o caso. Nesses meses essa
      ideia começou a me afligir e sei que as respostas que eu obtive de vocês foi uma resposta de Deus me dizendo para seguir em
      frente sem medo, seja qual for o resultado, e quero estar preparada para enfrentar o que for, porque a vontade dEle é
      perfeita e creio que, como sempre, ela se cumprirá em minha vida. Preciso aprender diariamente a confiar mais, sem hesitar,
      em tudo, e parar de me preocupar, porque Ele não quer que nos ocupemos de nosso futuro, que a Ele pertence, é um exercício.
      Ele é nosso amorzinho querido e nunca nos desampara, e é nosso Deus todo poderoso que tudo pode, e eu, sabendo disso,
      não posso mais ter esses medos da vida.
      Verônica, que Ele abençoe sua vida e de sua família. Muito obrigada, minha irmã, por sua ajuda, e por ser instrumento
      de Deus na vida das pessoas.
      Um beijo
      Débora

      Excluir
    4. Oi Débora, fico muito feliz que você tenha encontrado a resposta da questão. É isso mesmo, acho que o resumo de tudo é fazer a nossa parte e entregar, sem medo, o futuro a Deus.
      Beijo grande, obrigada pelas bênçãos.
      Que Deus conceda o dobro para você.
      Beijo

      Excluir
  3. Olá,

    Obrigado pela sua mensagem.

    A vontade de Deus para nossa vida sempre nos deixa em paz. Quando estamos no caminho que Deus traçou para nós, sentimos paz de espírito, sentimos a consciência tranquila e sempre damos graças a Ele por tudo.

    Por outro lado, quando saímos da Sua vontade, ficamos envergonhados e deixamos de procurá-lo, deixamos de glorificá-lo e afastamos da Sua presença.

    Quando procuramos andar debaixo da vontade de Deus expressa na Bíblia, as coisas acontecem de forma tranquila em nossa vida. Se oramos pedindo que Ele realize a sua vontade, ninguém, nem o diabo pode impedir que a vontade dele se cumpra em nós.

    O cargo de Advogado da União é um posto como qualquer outro no serviço público, ou seja, tem suas atribuições e tarefas definidas em lei. Ou seja, é um trabalho legalizado e a Bíblia não diz especificamente nada contra. Portanto, não há nada de errado um cristão exercer esse cargo.

    Se esse é o seu sonho, você deve procurar realizá-lo. Para isso, você precisa fazer o que for preciso para que ele seja realizado. Se você orar e estar sempre em comunhão com Deus, o seu espírito terá paz e você terá um coração grato, mesmo que você não venha passar no concurso.

    Um forte abraço e Senhor a abencoe !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Elbem. Tudo bem?
      Nossa, muito obrigada, mesmo, por sua resposta. Sinto-me respondida em meus questionamentos, e mais confiante também. Deus é o Deus do impossível e creio que Sua vontade será cumprida em minha vida, em nome de Jesus. Almejo essa paz e essa alegria que só Ele nos oferece, e sei que não é a profissão ou a situação que deve nos alegrar ou desanimar, temos que confiar nEle e ponto, temos que buscá-Lo e o restante vem por acréscimo. Quero aprender a não ter medo mais, a confiar, e só.
      Agradeço mais uma vez.
      Deus o abençoe e a toda sua família.
      Um abraço,

      Excluir