sexta-feira, 13 de abril de 2012

Sinta-se livre

Pois amar a Deus é obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são difíceis de obedecer porque todo filho de Deus pode vencer o mundo. Assim, com a nossa fé conseguimos a vitória sobre o mundo. (1 João 5:3-4)

Sabemos que a vida eterna está garantida por Cristo. Mas muitas vezes esquecemos que Cristo também continua nos livrando do pecado enquanto estamos neste mundo. É fácil cair na ilusão de que nós, pela nossa força, podemos vencer o pecado. Não podemos.

É com fé em Cristo que conseguimos a vitória sobre os prazeres carnais pecaminosos que aniquilam a vida cristã. A fé cristã não é um salto no escuro, mas uma fé objetiva, fundamentada na Verdade – a Palavra de Deus. Com essa fé nos vencemos a avareza, a gula, a inveja, a ira, a luxúria, a preguiça e a soberba.

Se a fé em Cristo é a chave para a vitória, então o nosso foco, o nosso alvo deve ser Cristo. Devemos aproximar dEle, não pelo que fez na cruz, mas pelo que é.

Em vez de considerarmos Cristo somente como nosso Salvador, nós devemos valorizá-Lo em tudo que Ele é; Sua vida perfeita; Sua morte, ressurreição, ascensão; Seu ministério de intercessão à direita do Pai e Sua volta prometida.

Na verdade, o nosso viver deve ser Cristo, pois Ele é a nossa verdadeira vida, e, quando Ele aparecer, nós apareceremos com Ele e tomaremos parte na Sua glória. (Colossenses 3:4)

Se negligenciarmos o fato de quem Cristo é e o que Ele faz hoje por nós e só nos concentrarmos na parte do que Ele fez na cruz, nós viveremos a vida cristã de forma incompleta.

Não podemos vencer o mundo com nossa própria força. Nós não possuímos a fonte de energia que possibilita uma pessoa vencer o mundo. É a obra que Cristo realiza por nós em todo momento junto ao Pai que nos faz superar as tentações carnais. Precisamos aceitar esse fato pela fé. Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Em todo momento devemos pedir com fé a ajuda de Cristo.

Em vez de achar que somos autossuficientes e que não precisamos de Deus, vamos pedir a Ele a graça de nos lembrar a cada dia que a vitória sobre o pecado depende exclusivamente da pessoa e da obra de Jesus Cristo.

Porque Ele [Deus] nem mesmo deixou de entregar o próprio Filho [Jesus Cristo], mas o ofereceu por todos nós! Se Ele nos deu o Seu Filho, será que não nos dará também as vitórias sobre cada batalha contra o pecado?

Se eventualmente perdemos essa batalha, não nos deixemos ficar abatidos. Pois também somos por Ele justificados. E quem acusará aqueles que Deus justificou? Ninguém! Porque o próprio Deus declara que não são culpados.

Será que alguém poderá nos condenar? Ninguém! Pois foi Cristo Jesus quem morreu, ou melhor, quem foi ressuscitado e está à direita de Deus. E ele pede a Deus em favor de nós.

Pare agora um pouquinho para refletir como você está tentando vencer a batalha contra o pecado. Não fique preso aos desejos carnais, mas sinta-se liberto. Você é livre em Jesus Cristo.

2 comentários :

  1. Sinta-se livre para amar, perdoar, se entregar, a liberdade em Cristo Jesus nos da o direito de amar ao proximo como a nos mesmos, 'e entregar-se por inteiro sem limitacoes a desejar o bem sem olhar a quem, e querer ser feliz e fazer os outros felizes, e nao sermos egoista e sermos humildes. Jesus nos libertou para expressarmos o verdadeiros sentimento que emana Dele, o Nosso Libertador.

    ResponderExcluir
  2. Rosana Teixeira16 abril, 2012

    Em uma palestra, o professor filósofo Mário Sérgio Cortella iniciou sua fala com a seguinte frase: "Eu hoje vim a Brasília, ao Centro Educacional Leonardo da Vinci, para lembrá-los de uma só coisa: vocês vão morrer." Depois da frase forte, ele passou a conclamar os presentes para que cada um pense nas seguintes indagações: "Qual é a tua obra? Como você quer ser lembrado? Sendo a morte um fato, a indagação é o que fazer até que isso aconteça para que a nossa existência não seja fútil, vazia e superficial."
    Bem interessante a maneira de iniciar uma palestra. Nós cristão temos esta percepção de que estamos aqui para AMAR, como Cristo amou. Ser um imitador de Cristo é pensar antes de agir. Sabemos que não é fácil, daí a necessidade da oração. Ler o Devocional toda semana já é um passo para o nosso aperfeiçoamento!

    ResponderExcluir