terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Ser diferente

Jesus disse: — Ai de vocês quando todos os elogiarem... (Lucas 6:26)

Certamente, Jesus teve um motivo especial para dizer essa frase. Ele chamou a Si mesmo de “a verdade” e deixou escrita na Sua Palavra uma série de conselhos que nos orientam como andar e viver neste planeta, embora muitas pessoas considerem seus mandamentos radicais.

Muito elogio é como botar água demais na flor. Ela apodrece. (Clarice Lispector) A pessoa muito elogiada acaba se enveredando para o excesso de confiança em si mesma e assim fica vulnerável. Isso acontece com o time de futebol, por exemplo. Deus disse: “Maldito o homem que confia no homem [em si mesmo], faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do Senhor!” (Jeremias 17:5).

A pessoa extremamente autoconfiante tem a tendência de não ouvir as outras, de sentir-se superior a todas e de não estar aberta para aprender com a experiência alheia. É comum perceber nesse tipo de pessoa a vingança, a competitividade, a rebeldia, a falta de amor e de humildade. Jesus disse: “Amem os seus inimigos e façam o bem para os que odeiam vocês. Desejem o bem para aqueles que os amaldiçoam e orem em favor daqueles que maltratam vocês”. (vs. 27-28)

Agora, imagine quão difícil é para uma pessoa extremamente autoconfiante obedecer ao que Jesus disse a seguir. “Se alguém lhe der um tapa na cara, vire o outro lado para ele bater também. Se alguém tomar a sua capa, deixe que leve a túnica também. Dê sempre a qualquer um que lhe pedir alguma coisa; e, quando alguém tirar o que é seu, não peça de volta”. (vs. 29-30) Ora, a pessoa não aceita nem que rebatam o seu ponto de vista, quanto mais levar um tapa na cara...

Realmente, Senhor, somente guiado pelo Espírito Santo, e com muita humildade, é que todos nós poderemos atender a esses Seus mandamentos! Porque Senhor, há muitas pessoas que querem tirar proveito... Já ouvimos tantas pessoas dizerem: “...mas vocês não podem revidar, vocês não podem ficar nervosos, vocês têm que perdoar...” Senhor, ajuda-nos a colocar em prática esses ensinamentos.

É um grande desafio viver de maneira diferente, com humildade, sem parecer esquisito ou bobo. Mas Jesus ponderou: “Se vocês amam somente aqueles que os amam, o que é que estão fazendo de mais? Até as pessoas de má fama amam as pessoas que as amam. E, se vocês fazem o bem somente para aqueles que lhes fazem o bem, o que é que estão fazendo de mais? Até as pessoas de má fama fazem isso”. (vs. 31-34)

“Façam o contrário: amem os seus inimigos e façam o bem para eles. Emprestem e não esperem receber de volta o que emprestaram e assim vocês terão uma grande recompensa e serão filhos do Deus Altíssimo. Façam isso porque ele é bom também para os ingratos e maus”. (vs. 35)

Pela graça de Deus, o humilde de coração está preparado para vencer o desafio de ser diferente, ou seja, ser uma pessoa que, mesmo estando coberta de razão, não se altera para impor o seu ponto de vista. A obediência à Palavra de Deus o faz singular num mundo onde o “ego” predomina e os costumes não condizem com os mandamentos de Jesus Cristo. Uma pessoa que aprendeu a ser humilde está pronta para receber elogios, sem cair na tentação de ser arrogante.