quarta-feira, 15 de junho de 2011

O Segredo do Universo

É pela fé que entendemos que o Universo foi criado pela palavra de Deus e que aquilo que pode ser visto foi feito daquilo que não se vê. (Hebreus 11:3)

Você sabia que a qualidade de vida do homem também é fruto da graça de Deus? A graça de Deus é mais do que favor imerecido. Graça é a possibilidade que a Santíssima Trindade tem de criar e de resgatar a criação a partir do sacrifício de Cristo.

Por causa da graça de Deus, existimos. Por existir, somos diretamente afetados pela maldade que há no mundo. Então, a gente só experimenta o mal porque a humanidade desobedeceu a Palavra de Deus e escolheu o mal. Por isso é que acontecem coisas ruins nesse mundo: é porque a humanidade escolheu ser má. Deus não é o culpado disso, pelo contrário, Ele havia planejado um paraíso para nós!

Alguém pode perguntar: Mas quem disse que a humanidade escolheu o mal? É a Palavra de Deus que diz! Quer prova disso? Já percebeu que os telejornais usam a maior parte do tempo para noticiar coisas ruins? Isso acontece porque está cheio de notícias ruins por aí. Por outro lado, as notícias ruins dão mais audiência porque as pessoas querem saber de tudo de ruim que acontece, na busca frenética de se prevenirem contra o mal. Você individualmente pode não ter escolhido ser mal, mas, infelizmente, nós todos estamos mergulhados na maldade, porque o mundo jaz na maldade. Felizmente temos um Deus agindo em nosso favor. Você acredita?

Imagine se Deus não colocasse um freio nessa maldade toda, como é que seria a nossa vida? Seria um desastre total; um caos! Apesar de pertencermos a Deus, o mundo todo está debaixo do poder do Maligno. E o Maligno não respeita nada. Então, como Deus age para evitar que a maldade toma conta de vez? Deus usa a Sua graça para dar qualidade de vida aos homens. 

Lembram-se do dilúvio? Por que teve o dilúvio? Porque a iniquidade havia se multiplicado. Então, o dilúvio ensina para gente que Deus teve um juízo na história, que há um limite para o pecado e para a maldade. A definição de pecado envolve também os maus tratos com a criação divina, inclusive o planeta terra, o Universo.

Uma vez um camarada chegou para um palestrante e disse assim: – Eu não acredito em Deus! Sou ateu convicto! O palestrante disse: – Olha, que pena! Ainda bem que Ele acredita em você, senão você não estaria mais aqui. 

Aí ele falou assim: – Você está tirando uma de mim, mas eu não acredito em Deus por causa do mal. O palestrante falou: – Engraçado, eu acredito em Deus justamente por causa do mal. 

Aí ele disse: – Isso que você está dizendo não faz sentido. O palestrante disse: – Não, o que não faz sentido é o que você está dizendo, quer ver? Deixe-me fazer uma pergunta: O mal respeita algum limite? Não. O mal respeita a lei? Não. O mal respeita a ética? Não. O mal respeita a moral? Não. Então porque que o mal não tomou conta de tudo, heim? 

Sabe por que o mal não tomou conta de tudo? Porque há um poder no Universo impedindo que o mal tome conta de tudo. E a Bíblia diz que esse poder é Deus. E isso é graça! 

O palestrante continuou: – Como é que você, que não acredita, logo também não ama a Deus, consegue amar os seus filhos, se amor é atributo de Deus? Como é que você acha que gente que não tem nenhum respeito por Deus consegue ter senso de justiça, se justiça é atributo de Deus? Como é que você explica pessoas que não estão nem aí para Deus, mas são grandes amigos, se amizade é um atributo de Deus? Como é que você entende gente que é devassa, fazer músicas sublimes, se o belo, a estética, é um atributo de Deus? Sabe por quê? Porque há uma graça que é a graça de manutenção. A graça de Deus mantém a qualidade da existência, a qualidade de vida, emitindo a comunicação dos atributos comunitários de Deus.

Então agora você sabe porque nós damos graças a Deus no meio de tanta violência e de tanta dor? Porque nós sabemos que era para ser muito pior. 

Uma vez um moço me falou: Se Deus é amor, porque é que nasce tanta gente com problemas congênitos graves? Eu disse para ele: Sua pergunta está errada! Sua pergunta deveria ser assim: Se a humanidade  rompeu com Deus e escolheu o mal, porque então não nasce todo mundo com problemas? 

Você está fazendo a pergunta errada e querendo ter a resposta errada! Por isso é que você não consegue louvar a Deus; porque você não sabe o que custou para Deus evitar que todo mundo nascesse com defeitos. Você não sabe o que custou para Deus evitar que a maldade tomasse conta da humanidade. Você não tem a menor ideia do que está acontecendo no Universo. 

Mas eu quero dizer para você uma coisa: Você e eu podemos até não entender o quanto Deus está lutando, mas saiba que Deus está lutando por você. Deus está lutando por nós! Está lutando pela nossa qualidade de vida! 

Por isso, nós devemos oferecer a Deus continuamente sacrifícios de louvor, que é o fruto dos lábios que confessam o Seu nome. Louvar a Deus não é uma coisa leve, que não nos custa nada. Louvar a Deus é uma coisa de peso e de muita consciência. É uma coisa que parte do fundo do coração de quem já entendeu o que está acontecendo invisivelmente no Universo.

Você já entendeu o segredo do Universo? Então você também pode dar graças a Deus!


Você já deu graças a Deus hoje?