quarta-feira, 1 de junho de 2011

Crer em Deus, Como?

Porém, quando vi que tudo ia bem para os...maus, quase perdi a confiança em Deus... (Salmo 73:2-3)

O ator Robert de Niro estava sendo entrevistado num programa de TV que entrevista os atores de Hollywood, uma escola de atores e atrizes. E aí o apresentador, o entrevistador lhe fez uma pergunta que faz para todos os artistas que vão lá. Ele perguntou o seguinte para o Robert de Niro: – Se o céu existe, se Deus existe, e se você chegar ao céu, o que você gostaria de ouvir de Deus?

O Robert de Niro disse: – Se Deus existe, e eu chegar até Ele, Ele vai ter muita coisa para me explicar.

Por que ele disse isso? Porque ele sabe o mundo em que nós vivemos. Vivemos num mundo marcado pela dor. Vivemos num mundo marcado pela vaidade, pela injustiça, pela mentira. Vivemos num mundo marcado pela corrupção. Pior é que parece não acontecer nada com os maus.

Não é sem razão que no Salmo 73 o salmista entra em crise e escreve porque é que prosperam os ímpios. Porque é que os santos estão sempre sofrendo e os ímpios estão sempre prosperando. Num meio de um o mundo desse é difícil dizer: louvado seja o nome do Senhor. Num meio de um mundo desse é difícil dizer: em tudo dou graças ao Senhor. Num meio de um mundo desse é difícil acreditar em Deus, e ainda achar que Ele é bom!

O colunista Arnaldo Jabor escreveu uma crônica onde conta porque ele deixou de ser cristão. Ele disse que deixou de ser cristão porque chegou para alguns padres e disse assim: – Deus sabe de todas as coisas?

Os padres respondiam: – Sim filho, Ele sabe de todas as coisas.

– Mas Deus sabe de todas as coisas antes delas acontecerem? Tem uma diferença em saber o que está acontecendo e saber antes dela acontecer.

Os padres diziam para ele: – Sim meu filho, Deus sabe de todas as coisas antes delas acontecerem.

Ele dizia: – Então Deus sabe antes de um sujeito nascer que ele vai pecar? Antes de ele existir, ele vai pecar?

Os padres diziam: – Sim filho, Deus sabe antes de uma pessoa nascer, antes de uma pessoa vir a existir, vir a ser inclusive fecundado, Deus sabe que ele vai pecar.

Aí o Arnaldo perguntava com uma cara-de-pau: – Se Deus sabe que o sujeito vai pecar antes desse sujeito existir, porque é que Ele cria esse sujeito?

E o Arnaldo disse que nenhum padre conseguiu responder essa pergunta para ele. E aí ele se afastou da fé em Deus!

Você sabe que esta pergunta de Arnaldo Jabor é uma pergunta romana? Os romanos crêem que o sujeito quando é batizado na infância, se livra do pecado original e depois é só seguir os mandamentos da Igreja, que será salvo. Nós protestantes não cremos assim, porque entendemos que a Bíblia não ensina assim.

Entretanto, nessa pergunta do Jabor tem uma coisa importante aqui para nós: Se Deus sabia que o homem ia pecar, que o homem ia cair, antes de criá-lo, porque que criou? Para deixar a gente nesse sofrimento? Para gente conviver com essa injustiça toda? Com essa desonestidade? Com essa ganância? Com a fome? Com a miséria? Com a dor? Com o assassinato? Com a corrupção?

Se olharmos para tudo isso, chegaremos à conclusão que realmente não é fácil crer em Deus! É por isso que muita gente não acredita em um Deus bom. Mas eu acredito!

Querido leitor, para crer em Deus e ter certeza de que Ele é bom, você precisa entender como funciona a graça de Deus. Se você não entender a graça de Deus, você não tem como crer em Deus. Primeiro você tem que saber tudo sobre a graça de Deus, para depois poder afirmar, como eu afirmo, com convicção, que Deus é bom, Deus é muito bom, Deus é bom demais!

Portanto, não deixe de ler a próxima série de devocionais. Estaremos mostrando o que a Bíblia fala sobre esse assunto de fundamental importância para o ser humano, que é a graça de Deus. Não perca!