sexta-feira, 13 de maio de 2011

Viver, Faz Sentido! - Parte I

Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. Por causa da bondade de Deus para comigo, me chamando para ser apóstolo, eu digo a todos vocês que não se achem melhores do que realmente são. Pelo contrário, pensem com humildade a respeito de vocês mesmos, e cada um julgue a si mesmo conforme a fé que Deus lhe deu.. (Rom.12:1-3). Portanto, quando vocês comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus. (I Coríntios 10:31).

A maioria das pessoas (pelo menos 90% da humanidade) não sabe que o sentido da vida terrena é glorificar a Deus. A maioria acredita que a finalidade da vida, aqui na Terra, é crescer, estudar, formar-se em alguma profissão, trabalhar, namorar, casar, ter filhos, comprar a casa própria, ter um carro, viajar nas férias ou nos finais de semana, ir à praia no verão, etc. E ainda podemos dizer que a finalidade da vida para a maior parte desses 90% se resume em estudar, namorar, arranjar um bom emprego, casar, ter filhos, netos e se aposentar. Pronto: a pessoa está realizada. Teve uma vida normal, uma vida correta, como ditam as regras socioculturais.

Mas não é nada disso. Tudo aqui na Terra é importante, mas não é a finalidade, não é o principal. Tudo aqui na Terra são meios de se glorificar a Deus. Mediante o estudo a pessoa evolui socialmente, porque desenvolve o raciocínio e adquire cultura para poder, assim, compreender melhor a obra divina. Em outras palavras, um analfabeto não tem acesso à Palavra de Deus, às obras que falam de sabedoria. Em geral, uma pessoa que só tem o curso primário não tem vocabulário para entender certas obras que falam dos mistérios da vida. Por isso o estudo ajuda na evolução da pessoa ou, pelo menos, deveria ter essa função.

A finalidade principal do casamento é fazer com que o casal desenvolva as qualidades necessárias à boa convivência, em geral. O casamento é, antes de tudo, uma escola de amor, tolerância, paciência, compreensão, solidariedade, confiança, etc. Mas, a maioria não sabe que o casamento é, antes de tudo, uma escola. Acha que o casamento não passa de um acontecimento social, cultural, sexual, procriador.

O carro que a pessoa compra não é só para ir à praia, passear com a família ou, até mesmo, para esnobar diante da vizinhança, mas também para facilitar o acesso da pessoa ao trabalho, à faculdade, socorrer um vizinho que passou mal, etc.

Ser pai, ou mãe, não é sentir-se orgulhoso porque o filho só tira notas boas na escola, porque o filho é bonito, porque o filho ganhou uma medalha na natação, porque o filho se formou em engenharia, porque o filho fez um casamento bonito e promissor. Ser pai é, antes de tudo, ser um educador. O bom pai cresce com a experiência de criar e educar um filho. E é isso o que Deus espera da pessoa, ou seja, que ela evolua através dessa experiência.

Fazer amigos é importante, mas a finalidade principal da amizade não é ter companhia para ir ao cinema, à praia, ao teatro, viajar, papear, etc. A principal finalidade da amizade é a ajuda mútua. Porém as pessoas, em geral, só se aproximam das outras, na qualidade de amigas, por interesses que não são a amizade verdadeira (ajuda mútua, união, solidariedade, apoio).

A finalidade do trabalho não é propriamente ganhar dinheiro. É, antes de tudo, servir, construir, produzir, ser útil. E, por acréscimo, a pessoa ainda desenvolve a honestidade, o bom relacionamento, o respeito, a solidariedade, etc. Por isso, a finalidade principal de qualquer trabalho é o mesmo, não importando se é o trabalho de um gari ou o de um médico. É por isso que todo trabalho tem que ser feito com amor, honestidade, boa vontade, gratidão, alegria, etc., porque é isso que está em primeiro lugar. É isso que faz a pessoa crescer na fé. É glorificar a Deus mediante o trabalho. E mediante tudo que há na Terra.

Continua... Leia Parte II

5 comentários :

  1. Geraldo Monteiro13 maio, 2011

    OLÁ ELBER
    TENHO RECEBIDO SEUS DEVOCIONAIS SÃO MUITO BONS, PARABÉNS.
    MAS ESTE EM ESPECIAL NÃO POSSO DEIXAR PASSAR EM BRANCO, PARABÉNS.
    É ISTO MESMO O SEU HUMANO PRECISA ATENTAR PARA UM PURO LOUVOR A DEUS.
    PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  2. Rosana Teixeira13 maio, 2011

    Muito lindo o texto. Quem é você? Estou gostando muito de receber as mensagens.

    ResponderExcluir
  3. Miriam Meneses13 maio, 2011

    Q Deus lhes abençoe SEMPRE !!!
    Minha eterna gratidão a vcs pela oportunidade q me dão d aprender mais um pouco a cada dia !!

    ResponderExcluir
  4. Suelen da Costa14 maio, 2011

    Obrigada! Esses estudos são extremamente edificantes!

    Deus Abençoe!

    ResponderExcluir
  5. Wesley Amaral15 maio, 2011

    Deus continue te inspirando, meu irmão!
    Muito boa esta reflexão.
    Fique na Paz de Cristo.

    ResponderExcluir