sexta-feira, 1 de abril de 2011

Mãe, Te Amo, Adeus!

Quando o povo de Israel saiu do deserto e entrou na terra prometida, havia alguns povos que habitavam ali. Eles tinham que conquistar a terra para tomarem posse dela. Deus havia ordenado ao povo de Israel que ninguém guardasse nada do que pertencesse àqueles povos, pois tudo era para ser destruído. Mas a ordem foi desobedecida. Acã escondeu algumas coisas, e por isso o Senhor ficou muito irado com os israelitas e começou a castigá-los com derrota nas batalhas... E Josué, líder do Israel, disse a Acã: 

— Agora, meu filho, confesse a verdade diante do Senhor, o Deus de Israel. Conte-me o que você fez; não procure esconder nada. Acã respondeu: — Sim, eu pequei contra o Senhor, o Deus de Israel. Vou contar o que fiz... 

Após Acã ter confessado que havia guardado para si alguns bens valiosos que pertenciam àqueles povos, Josué disse: — Por que é que você fez essa desgraça cair sobre nós? Agora o Senhor Deus vai fazer a desgraça cair sobre você! Em seguida o povo todo matou Acã a pedradas. Eles apedrejaram e queimaram a sua família e tudo o que ele tinha. 

Trazendo para os nossos dias, essa história é parecida com a seguinte, escrita por um repórter que presenciou um acidente fatal. A jovem acidentada, enquanto agonizava, ia dizendo as palavras e o repórter, anotando... 

Mãe!, 

Fui a uma festa, e me lembrei do que você me disse. Você me pediu que eu não tomasse álcool, mãe... Então, ao invés disso, tomei uma 'Sprite'. 

Senti orgulho de mim mesma, e do modo como você disse que eu me sentiria e que não deveria beber e dirigir. Ao contrário do que alguns amigos me disseram, fiz uma escolha saudável, e teu conselho foi correto. 

E quando a festa finalmente acabou, e o pessoal começou a dirigir sem condições... Fui para o meu carro, na certeza de que iria para casa em paz... Eu nunca poderia imaginar o que estava me aguardando, mãe... 

Algo que eu não poderia esperar... Agora estou jogada na rua, e ouvi o policial dizer: 

‘— O rapaz que causou este acidente estava bêbado’... 

Mãe, sua voz parecia tão distante... Meu sangue está escorrendo por todos os lados e eu estou tentando com todas as minhas forças, não chorar... Posso ouvir os para-médicos dizerem: 

'— A garota vai morrer' . 

Tenho certeza de que o garoto não tinha a menor idéia, enquanto ele estava a toda velocidade, afinal, ele decidiu desobedecer às leis, beber e dirigir, e agora tenho que morrer... 

Então por que as pessoas fazem isso, mãe? Sabendo que isto vai arruinar vidas? E agora a dor está me cortando como uma centena de facas afiadas... Diga a minha irmã para não ficar assustada, mãe! Diga ao Papai que ele seja forte. E quando eu for para o céu, escreva 'Garotinha do Papai' na minha sepultura. 

Alguém deveria ter dito aquele garoto que é errado beber e dirigir. Talvez, se seus pais tivessem dito, eu ainda estaria com possibilidades de continuar viva. 

Minha respiração está ficando mais fraca, mãe, e estou realmente ficando com medo...Estes são meus momentos finais e me sinto tão despreparada...! Eu gostaria que você pudesse me abraçar, mãe... Enquanto estou estirada aqui, morrendo, eu gostaria de poder dizer que te amo!

Mãe, te amo, adeus!' 

‘Lembrem que Acã não quis obedecer à ordens de Deus... e todo o povo de Israel foi castigado por causa disso. E Acã não foi o único que morreu por causa do seu pecado...’ (Josué 22:20) 

O que estamos fazendo para que pessoas não morram por causa da nossa desobediência?