quarta-feira, 16 de março de 2011

A Esposa Rebelde

Deus disse ao povo de Israel: — Vou seduzir novamente a minha amada e levá-la para o deserto, onde lhe falarei do meu amor. (Oséias 2:14)

Oséias teve uma tarefa muito estranha. Deus ordenou que ele se casasse com uma mulher que todos sabiam ser infiel. Ele foi e casou com Gomer e tiveram muitos filhos. Com o tempo, Gomer deixou Oséias com os filhos e arranjou amantes e, finalmente, acabou caindo no mercado de escravas do sexo.

Oséias fez o impensável. Ele foi ao prostíbulo, pagou o preço de Gomer e a trouxe de volta para sua casa. Eis a justificativa dele: — O Senhor Deus falou de novo comigo e disse: — Vá e ame novamente a esposa rebelde. Ame-a assim como eu amo o povo de Israel, embora eles adorem outros deuses. Então fui e comprei Gomer por quinze barras de prata e cento e cinquenta quilos de cevada. Eu disse a ela: — Por algum tempo, enquanto seja purificada, você vai esperar por mim. Durante esse tempo não se torne prostituta, nem se entregue a um amante novamente. E eu também esperarei por você. (Oséias 3:1-3)

Na realidade, Oséias redimiu sua esposa rebelde. Em vez de deixá-la com as consequências naturais da sua rebeldia, ele a trouxe de volta para casa, esperou um tempo, e fez uma nova aliança de casamento.

Esta história simboliza Deus e o Seu povo. Desde o início da história, o Senhor deixa claro a Oséias que a dor da traição, da ingratidão, e da natureza inconstante de Gomer era exatamente o que o próprio Deus estava experimentando com o Seu povo. A idolatria e a infidelidade haviam passado dos limites. A nação estava totalmente envolvida nos costumes pagãos, em clara desobediência a Deus. O povo estava como a esposa rebelde e seu destino seria semelhante ao de Gomer. Oséias assegurou ao povo israelita que as consequências naturais do pecado – a escravidão e a miséria – estavam chegando, mas mesmo assim o Senhor não iria abandoná-lo.

Deus disse: — Vou seduzir a minha amada e levá-la de novo para o deserto, onde lhe falarei do meu amor... Finalmente Ele disse: — Eu casarei com você, e para sempre você será minha legítima esposa. Eu a tratarei com amor e carinho.

No deserto, esvaziada de seus tesouros, de seus deuses, e de sua riqueza, a nação de Israel descobriria que não era objeto da ira de Deus, mas de Sua misericórdia, apesar da rebeldia e ingratidão. Esta é uma manifestação incrível da graça de Deus no Antigo Testamento. Veja bem, Deus poderia ter dito assim: – A nação me traiu e me abandonou, por isso vou esquecê-la e jamais irei atrás dela. Em vez disso, Ele disse: – Eu vou seduzi-la e tratar dela.

Os pensamentos de Deus estão acima dos céus. A Sua misericórdia é infinita e a razão para Deus ser assim está no seu caráter. Isso independe de quão indignos são os homens. A bondade divina aproveita a ocasião da maldade humana para tornar-se bem mais ilustre. O objetivo é ampliar a graça para aqueles que mais necessitam de piedade. Deus faz isso puramente por amor e misericórdia.

Da mesma forma que Oséias resgatou a esposa rebelde e tratou dela, Deus pode estar tratando de você em um deserto nesse momento, falando-lhe do Seu amor, para tê-lo definitivamente de volta, uma vez que você já foi resgatando pelo sangue de Jesus Cristo derramado na cruz. Você não pode esquecer de que para Deus, o deserto é um lugar de restauração.

Você está num deserto agora? Financeiramente? Relacionalmente? Espiritualmente? Tenha o conforto em saber que Deus pode te esvaziar de toda arrogância e presunção para que esteja apto a colocar o foco nEle e nunca mais O abandonar.

5 comentários :

  1. Amado Pastor,Bom Dia!

    Nessa manhã maravilhosa, o sol brilha lá fora com toda sua exuberância, posso sentir o grande amor de Deus pelo sua nação ISRAEL, nós!
    Amei esse maná que desceu do céu para minha vida, outrora fui assim, mas depois de ter passado pelo grande deserto, aprendi o quanto sou especial para ele!
    "A nação me traiu e me abandonou, por isso vou esquecê-la e jamais irei atrás dela. Em vez disso, Ele disse: – Eu vou seduzi-la e tratar dela."
    Que lição tirei para minha vida desse versículo, hj pedirei a Deus que me ensine como atrair minha filha de volta para o meu Senhor e para mim!
    Que a graça do senhor te alcance e te ilumine todos os dias, até a vinda D'ele!

    No amor ágape.

    ResponderExcluir
  2. Pr. Sérgio Fernandes17 março, 2011

    Eu sou fruto da misericórdia de Deus! Não nasci cristão (na verdade, ninguém nasce, decidimos ser cristãos em algum momento de nossa vida). Minha vida antes da conversão reflete tudo de ruim que o pecado pode fazer em um ser humano. Mas eu, que não merecia misericórdia, alcancei misericórdia!

    Hoje, há um evangelho sendo pregado por aí, que não conduz seus ouvintes a entenderem que precisam da misericórdia divina. Há uma geração de religiosos decretando a vitória e profetizando benção, mas não entendem o preço pago na cruz pelos seus pecados. Não perceberam que precisam do perdão de Deus para não perecer na condenação com o mundo ímpio!

    Nunca se esqueça da misericórdia do Senhor. É por ela que somos salvos! É por ela que estamos de pé!

    ResponderExcluir
  3. Kesser Romualdo da Silva20 março, 2011

    Deus tem sido misericordioso para comigo, tive muitas oportunidades na minha vida, primeiro, quando criança freqüentei uma Igreja, pois minha Mãe ordenou que fosse à Igreja que eu quisesse desde que fosse cristã, escolhi uma Evangélica. Depois de casado mesmo morando a 15 Km da cidade mais próxima,eu ia de carroça (pois não tinha carro),todos os domingo à Igreja com minha familia ( esposa e filhos ) era uma felicidade, meus filhinhos ficavam esperando chegar o domingo para irmos para Igreja. Depois fiquei um longo tempo afastado,período em que minha vida passou por grandes transformações sendo mais negativas que positivas, perdi mais de 70% do meu patrimônio e só não foi pior por que Deus na sua infinita misericórdia comigo, manteve minha Familia unida e conseguimos com que meus quatro filhos, concluíssem o curso superior,onde estão adquirindo o seus espaços e suas independências neste mundo onde o mercado é muito desumano.
    Deus, ainda fez com que eu reconhecesse o quanto ele é misericordioso,hoje estou novamente de volta à noiva ( igreja ) por isso quero não somente ir à igreja, mas poder contribuir para o crescimento do evangelho mediante a palavra de Deus e não voltar mais ao deserto.
    Obrigado por mais esta mensagem, recebida em seus Devocionais, pois elas vem contribuindo e muito, para o meu crescimento espirituais.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Maravilhoso saber que Deus em sua infinita misericórdia nos ama e nos quer ver de pé obrigado pastor por essa palavra enviada do céu através a sua vida

    ResponderExcluir