sexta-feira, 18 de março de 2011

É Um Sacrifício Testemunhar!

Os mestres sábios, aqueles que ensinaram muitas pessoas a fazer o que é certo, brilharão como as estrelas do céu, com um brilho que nunca se apagará. (Daniel 12:3)

Uma senhora disse quando lhe recomendaram que ela precisava testemunhar o milagre da salvação que Deus fez na vida dela: 'Ai, isso me mata!' Bem, é exatamente o que deveria fazer! Deveria matar o seu orgulho, o seu ego, o seu egoísmo, o seu egocentrismo, e talvez até causar um considerável sacrifício e desgaste físico.

Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se um grão de trigo não for jogado na terra e não morrer, ele continuará a ser apenas um grão. Mas, se morrer, dará muito trigo. Quem ama a sua vida não terá a vida verdadeira; mas quem não se apega à sua vida, neste mundo, ganhará para sempre a vida verdadeira. (João 12:24-25)

Não é perigoso testemunhar! É gratificante! Agora, é um risco que se corre, pois você está sujeito a ser um pouco perseguido. Mas, mesmo assim temos que testemunhar! Todos os primeiros apóstolos morreram como mártires, bem como muitos dos primeiros Cristãos, mas apesar disso outros continuaram a testemunhar com a mesma dedicação! Quando a Igreja saiu da arena e começou a sentar-se nas arquibancadas para evitar a morte na boca dos leões, Ela morreu ali de velhice! É melhor morrer como uma testemunha na boca dos leões do que de velhice na arquibancada!

Se continuarmos a suportar o sofrimento com paciência, também reinaremos com Cristo. Se nós o negarmos, ele também nos negará. (2 Timóteo 2:12)

E então, não é melhor correr o risco de sofrer um pouquinho agora e reinar para sempre?