sexta-feira, 18 de março de 2011

Deus Quer Interagir Com O Mundo

Jesus continuou: — O Reino do Céu será como um homem que ia fazer uma viagem. Ele chamou os seus empregados e os pôs para tomarem conta da sua propriedade. E lhes deu dinheiro de acordo com a capacidade de cada um: ao primeiro deu quinhentas moedas de ouro; ao segundo deu duzentas; e ao terceiro deu cem. Então foi viajar. 

O empregado que tinha recebido quinhentas moedas saiu logo, fez negócios com o dinheiro e conseguiu outras quinhentas. Do mesmo modo, o que havia recebido duzentas moedas conseguiu outras duzentas. Mas o que tinha recebido cem moedas saiu, fez um buraco na terra e escondeu o dinheiro do patrão. (Mateus 25:14-18) 

Tradicionalmente, aprendemos que essa passagem se relaciona com os nossos dons espirituais, mas acredito que o talento dessa parábola também pode ser usado para representar a nossa fé em Cristo e a forma de nos relacionarmos com o mundo. 

Às vezes, nós ficamos com medo de Deus. Achamos que Deus é severo demais e que Ele nos pediu para nos isolarmos deste mundo que se rebelou contra Ele. O temor que temos é que, se começarmos a interagir com o mundo e a apreciar as coisas saudáveis que existem, como esporte e cultura, essas coisas vão nos roubar a fé cristã. 

Então, em vez de interagir a nossa fé cristã com o mundo, nós preferimos enterrá-la na Bíblia para mantê-la segura, por medo ou por vergonha, como fez o terceiro empregado. Nós passamos nossas vidas em um constante e sem fim estudo bíblico, mas não colocamos em prática o que estudamos. Passamos a vida inteira aprendendo a pescar almas, mas nunca saímos para pescar. Passamos a vida inteira aprendendo a colher, mas nunca saímos à seara. Passamos a vida inteira estudando a forma de ser cristão, mas nunca realmente vivemos como cristão. 

O problema é que quando o Mestre retornar, quando Deus nos chamar para o acerto de contas, iremos descobrir, tarde demais, que a nossa fé não rendeu o devido fruto! E aí diremos: Fiquei com medo do mundo e por isso preferi apenas aprender. Veja! Eu sei tudo que o Senhor me ensinou. E Deus dirá: ‘— Empregado mau e preguiçoso!’, como disse o patrão para o terceiro empregado na parábola acima.

Deus quer interagir com este mundo mediante a nossa atuação. Ele quer que a gente goste de praticar esportes, de escrever histórias e poesias, de estudar matemática e ciências, de descobrir mais sobre as pessoas e falar do amor de Deus a elas. Quanto mais interagirmos com este mundo, mais chance teremos de pregar a Palavra, testemunhar de Jesus e dar exemplo de cristão. 

É verdade que temos de ter cuidado para que as coisas belas deste mundo não venham tomar o lugar de Deus em nossas vidas. Se lidarmos corretamente, dentro do plano de Deus, elas nos permitirão envolver saudavelmente com as pessoas, colocar nossa fé em prática e fazer discípulos de Jesus. 

Você tem sido instrumento para Deus interagir com o mundo? Ou você tem um medo doentio de Deus ou vergonha a ponto de não sair a campo para falar do Seu amor? Peça coragem e intrepidez que Ele te dará.