quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Perdoem!

Perdoa as nossas ofensas como também nós perdoamos as pessoas que nos ofenderam. (Mateus 6:12) 

Muitas vezes encerramos nosso dia recitando a oração que o Senhor nos ensinou e dizemos quase que mecanicamente a frase “...e perdoa-nos as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores”. 

Thomas Watson, grande pregador puritano do Século XV, fez o seguinte comentário: “Nós não somos obrigados a confiar em nosso inimigo, mas somos obrigados a perdoar-lhe.” Indo mais longe, ele perguntou: “Quando é que vamos mesmo perdoar aos outros?” 

Quando lutarmos contra todos os pensamentos de vingança. Quando não intentarmos nenhum mal contra os inimigos, mas desejarmos o bem a eles. Quando lastimarmos suas calamidades, orarmos por eles, buscarmos a reconciliação e mostrarmos dispostos a ajudá-los em todas as ocasiões. Este é o evangelho do perdão. 

Meus queridos irmãos, nunca se vinguem de ninguém; pelo contrário, deixem que seja Deus quem dê o castigo. Pois as Escrituras Sagradas dizem: “Eu me vingarei, eu acertarei contas com eles, diz o Senhor.” (Romanos 12:19) 

Tomem cuidado para que ninguém pague o mal com o mal. Pelo contrário, procurem em todas as ocasiões fazer o bem uns aos outros e também aos que não são irmãos na fé. (1 Tessalonicenses 5:15) 

Desejem o bem para aqueles que os amaldiçoam e orem em favor daqueles que maltratam vocês. (Lucas 6:28) 

Não fiquem contente quando os seus inimigos cairem na desgraça, (Provérbios 24:17) mas amem-os e orem pelos que lhes perseguem. Se virem o boi ou o jumento do seu inimigo andando perdido, leve-o de volta para ele. (Exodo 23:04) 

No que depender de vocês, façam todo o possível para viverem em paz com todas as pessoas. (Romanos 12:18) 

É ótimo quando temos paz com todas as pessoas em nossa volta, mas nem sempre isso é possível. Portanto, façamos com que a nossa batalha para exercitarmos o perdão esteja sempre embasada em conselhos bíblicos. Esse é o caminho do sucesso nesse assunto tão difícil.

4 comentários :

  1. Gostei da lição, concelho...
    Gostaria de receber mais,

    ResponderExcluir
  2. Irmao Elbem, concordo com você que o perdao é algo fundamental na vida de todo cristao.
    Os conceitos de seu devocional me sao muito uteis, assim como outros que recebido em conversas igualmente inspiradas.
    A parte que vejo ser mais dificil é a reconciliacao com seu ofensor.
    Todos os demais menos dificeis.
    Todos necessitam de muita oracao, uncao e misericordia de Deus.
    Antonio Sobral

    ResponderExcluir
  3. José Ricardo Caldeira Brant24 fevereiro, 2011

    concordo com o que foi dito no texto... a pratica do perdão é muito difícil de ser feita sempre... sempre há em nossa vida um momento que isso vai ser quase impossível... para ajudar neste sentido, temos alguns livros publicados pelo Pe Alir Sanagiotto, SCJ
    um abraço
    José Ricardo

    ResponderExcluir
  4. Oi Elbem
    Esta devocional fez toda a diferença para mim.
    O comentário de Thomas Watson e a maneira como o tema foi colocado tornou didático, prático.
    É bom ler e ter esta sensação: "Vou tentar de novo, que agora vai!"
    Amamos voce!
    Graziella

    ResponderExcluir