sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Corações de Pedra

Jesus usou parábolas para ensinar muitas coisas. Ele disse: — Escutem! Certo homem saiu para semear. Quando estava espalhando as sementes, algumas caíram na beira do caminho, e os passarinhos comeram tudo. Outra parte das sementes caiu num lugar onde havia muitas pedras e pouca terra. As sementes brotaram logo porque a terra não era funda. Mas, quando o sol apareceu, queimou as plantas, e elas secaram porque não tinham raízes. Outras sementes caíram no meio de espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas. Mas as sementes que caíram em terra boa produziram na base de cem, de sessenta e de trinta grãos por um. (Mat. 13:3-8)

Um amigo estava me contando sobre um indivíduo que recentemente se converteu a Cristo, sem antes nunca ter ouvido falar sobre as Boas Novas. A verdade é que, apesar de tantas igrejas existentes hoje nos países abertos ao Evangelho, muitos ainda nunca ouviram falar de Jesus porque algumas pessoas estão vivendo uma vida espiritual infrutífera, sem darem testemunho genuíno do amor de Deus.

Essas pessoas estão dentro das igrejas, ouvem a Palavra de Deus constantemente, mas seus corações permanecem endurecidos para obedecerem ao 'vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a todas as pessoas' (Marcos 16:15). Sem dúvida, isso é uma posição perigosa porque ‘quem é repreendido muitas vezes e teima em não se corrigir cairá de repente na desgraça e não poderá escapar.’ (Provérbios 29:1)

É bem verdade que a paciência e a misericórdia de Deus é imensurável. Diante disso, muitos relaxam e ficam apenas ouvindo os ensinamentos bíblicos semanalmente, sem nunca experimentarem a alegria de uma vida frutífera. Muitas vezes essas pessoas são as que cresceram em uma família cristã e que seus pais as levaram à igreja. Entretanto, nunca tiveram uma experiência real com Cristo.

Então pergunte a si mesmo: Sou um verdadeiro cristão? Cumpro as ordens do Mestre? Ou faço da rotina cristã simplesmente um hábito dominical? A semente da Palavra que cai em meu coração produz frutos espirituais? Ou seja, tenho sido bênçãos para as pessoas que estão próximas?

Não basta ir à igreja e continuar com um coração empedernido, onde caem as sementes que logo secam! Nunca é tarde demais para renovar o seu compromisso com Cristo e experimentar a alegria de realmente ser luz nas trevas que dominam este mundo!