quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A sua paz está sendo potencializada à medida que a insegurança e o medo se multiplicam?

“Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus.” (Salmos 46:10)

Quantas vezes você já leu este versículo? Cem? Mil? Este versículo é um dos meus preferidos. Ele sempre vem à minha cabeça quando começo a ficar estressado. Você já parou para meditar no contexto deste verso? Aqui vai uma amostra do Salmo 46:

“Por isso, não teremos medo, ainda que a terra seja abalada, e as montanhas caiam nas profundezas do oceano.” (v.2) “As nações ficam apavoradas, e os reinos são abalados. Deus troveja, e a terra se desfaz.” (v.6) “Ele diz: “Parem de lutar e fiquem sabendo que eu sou Deus. Eu sou o Rei das nações, o Rei do mundo inteiro.” (v.10) “O SENHOR Todo-Poderoso está do nosso lado; o Deus de Jacó é o nosso refúgio” (v.11)

Poderíamos comparar o Salmo 23 com o Salmo 46. O Salmo 23 também fala de uma quietude diante de Deus, mas em um contexto de calmaria. Já o Salmo 46 é a meditação de um homem segurando o medo com a fé, em um cenário de guerra, incerteza e em torno de “aflição” (v.1). O salmista centra-se na paz que temos em estar na presença de Deus – embora a terra em volta dele corra o risco de se desmoronar.

Eu amo os Salmos por causa de suas profundas meditações sobre a humanidade, confrontadas com a santidade de Deus e Sua fidelidade. Eu posso imaginar homens de verdade escrevendo as linhas poéticas, tendo em volta de si os seus problemas. Vejo pela fé homens que – como eu – perguntavam o que poderia acontecer com a vida, mas que não deveriam se preocupar pois chegaram à conclusão de que serviam a um Deus superior a qualquer problema. Então, em vez de ficarem preocupados, eles O louvavam. Estes homens entenderam e ouviram o comando Divino para se aquietarem e saberem que Deus é bem superior a qualquer imaginação de grandeza que se possa ter.

Se começarmos a dar ouvidos ao que os jornais divulgam a respeito de como caminha a humanidade – violência, corrupção, problemas financeiros – começaremos a tremer. É bem verdade que é mais fácil ter paz no contexto de quietude do Salmo 23: “O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso...” Mas o contexto de guerra do Salmo 46 nos diz que a paz de Deus é fortemente potencializada quando a loucura do mundo alcança um nível assustador. Como dizem, contexto é tudo.

Como está a sua paz com Deus diante do contexto do mundo de hoje? A sua paz está sendo potencializada à medida que a insegurança e o medo se multiplicam? Ou você só tem paz quando tudo ao seu redor está bem?