quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

As demoras das respostas de Deus não são recusas às suas orações!

A Bíblia garante que Deus responde sempre à oração. Ocorre que nem sempre essas respostas vêm quando e como nós queremos. A verdade é que Ele não tem pressa. Veja como exemplo a Sua criação: um bebê leva nove meses para se formar, a flor tem o seu tempo, uma árvore leva décadas para dar a sua sombra, já o pôr-do-sol demora vinte quatro horas para voltar. O certo é que não podemos apressar Deus. Nós precisamos esperar até que chegue o tempo de dEle.

Deus pode demorar responder às nossas orações e esperar até aprendermos a lição que Ele quer nos ensinar. Talvez Ele pode estar esperando as condições ideais para recebermos as respostas. Veja um exemplo bíblico: Um homem teve que ser cego toda a sua vida, para que o mundo soubesse que era cego. A espera dele teve um objetivo: para que Jesus passasse por perto dele um dia e ele pudesse ser curado maravilhosamente e o nome de Deus ser glorificado. (Jo. 9)

Às vezes pode se passar anos para sabermos por que Deus não respondeu à nossa oração como pensávamos ou como esperávamos. Mas chegará o dia que nós saberemos que Deus tinha razão! Esperemos pois no Senhor!

Tenhamos paciência! Para um sentinela, o momento mais difícil da guarda é quando está para amanhecer. Para um viajante, o momento mais angustiante é quando a viagem está quase terminando e que os últimos quilômetros parecem não acabar nunca! O maior desalento ataca exatamente na hora que está chegando o auxílio.

Então não duvidemos da Palavra, nem por um momento. Deus vai responder! Sim, Ele responderá! Confiemos n’Ele e começemos a agradecer a resposta, mesmo que não a vejamos imediatamente! Amanhã sentiremos felizes por ter confiado n’Ele!