domingo, 15 de agosto de 2010

Não complique o Evangelho!

O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo. (2Coríntios 11:3)

A misericórdia de Deus não se apóia em regras legalistas de teologia. Quem pode dizer o quanto uma criancinha realmente entende e, no entanto Jesus disse: “Se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no Reino do Céu.” (Mat. 18:3) Você tem que ser um menino! E os meninos não gastam a maior parte do tempo discutindo princípios e teorias de doutrina teológica!

A Bíblia foi escrita com a intenção de instruir e converter o mundo inteiro. Por que razão haveria Deus de encobrir o seu verdadeiro significado num tal mistério e enigma que ninguém, a não serem os críticos e os filósofos, pudessem desvendar? O autor da confusão é o Diabo! Ele tenta fazer a Salvação parecer tão complicada ou tão difícil que as pessoas não conseguem entender.

Não se afasta da simplicidade do Evangelho, das Boas Novas do Amor de Deus em Jesus! Nem todo mundo pode entender doutrina forte, ou interpretações teológicas complicadas, mas todo mundo entende o amor. Por isso não se afaste do ponto principal, e permaneça nas questões mais importantes e essenciais, nas doutrinas mais importantes de todas: Jesus, o Seu Amor e a Salvação!

Não discutamos doutrinas, vamos salvar almas!