segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Liberte-se do indesejável

"De nós ele afastou nossos pecados, tanto como o Oriente está longe do Ocidente." (Salmo 103:12)

Desde 2006, um grupo de pessoas comemora um evento incomum próximo do Ano Novo. Chama-se “Liberte-se do indesejável”. Com base numa tradição latino-americana, as pessoas escrevem suas memórias desagradáveis e embaraçosas junto com seus problemas ruins do ano anterior e os lançam num triturador. Alguns chegam a utilizar uma marreta para livrar-se de algo indesejável.


Davi, autor do Salmo 103, vai além, sugerindo que as pessoas se livrem das memórias desagradáveis. Ele nos lembrou de que Deus deseja que nos livremos dos nossos pecados. Na tentativa de expressar o vasto amor de Deus por Seu povo, o salmista usou figuras de linguagem. Ele comparou a vastidão do amor de Deus à distância entre os Céus e a Terra (v.11). Em seguida, falou sobre o Seu perdão em termos espaciais. Tão distante quanto o lugar onde o Sol nasce do lugar onde o Sol se põe, também o Senhor removeu os pecados do Seu povo (v.12). O salmista queria que o povo de Deus soubesse que o amor e perdão do Senhor eram infinitos e plenos. Deus libertou o Seu povo do poder de suas transgressões, perdoando-os totalmente.

Boas-novas! Não precisamos esperar até o Ano Novo para experimentar o “Dia da libertação”. Em decorrência de nossa fé em Jesus, ao confessarmos e nos desviarmos dos nossos pecados, Ele os lançará nas profundezas do mar. Hoje pode ser um dia de libertação! — Marvin Williams

Por causa da obra de Cristo, Deus esquece completamente os seus pecados.

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Graças por quem Deus é

"Vamos chegar diante dele com ações de graças […] pois o Senhor é o grande Deus…" (Salmo 95 v.2,3)

Talvez, dentre os milhares de sentimentos impressos nos cartões, uma das frases mais tocantes seja esta simples afirmação: “Obrigado por você ser quem é”. Se você a recebe, sabe que alguém se importa com sua pessoa; não por algo espetacular que você tenha feito por ela, mas por ser apreciado em sua essência.

Imagino que esse tipo de sentimento talvez indique uma das melhores formas de dizer “obrigado” a Deus. Por certo, há momentos em que Deus intervém em nossa vida de forma palpável, e dizemos algo como: “Obrigado, Deus, por me dares esse emprego”. Mas, na maioria das vezes, podemos simplesmente dizer: “Obrigado, Deus, por seres quem Tu és”.

É isso que está por detrás de versículos como: “Deem graças ao Senhor, porque ele é bom; seu amor dura para sempre” (1 Crônicas 16:34). Obrigado, Deus, por seres quem Tu és — bom e amoroso. “Darei graças ao Senhor porque ele é justo” (Salmo 7:17) Obrigado, Deus, por seres quem és — o Santo. “Cheguemos diante dele com ações de graças […] pois o Senhor é o grande Deus… (vv.2,3). Obrigado, Deus, por seres quem Tu és — o Deus Altíssimo.

Quem Deus é. Isso é motivo suficiente para interrompermos o que estamos fazendo para lhe agradecer. Obrigado, Deus, por seres Deus! — Dave Branon

Há inúmeros motivos para agradecermos a Deus, inclusive por Ele ser quem é!

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Engrandecido no meu corpo

"Pois, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro." (Filipenses 1:21)

De uma forma ou de outra Deus sempre era engrandecido no corpo de Paulo. Se Paulo continuasse vivo, seu corpo engrandeceria a Jesus Cristo por causa do evangelho proclamado por meio dele. Se Paulo morresse. serviria de testemunho a respeito da vida eterna que não pode ser tirada. "Pois é vontade e ordem expressa de Deus que os crentes pratiquem boas obras, as quais o Espírito Santo opera nos que creem, obras essas que também agradam a Deus por causa de Cristo."


Se vivemos, é pela graça de Cristo que vivemos, à sua imagem, para servir assim como Cristo às pessoas ao redor de nós. Se morremos, conheceremos de forma completa o que conhecíamos parcialmente apenas, e sua natureza humana corrompida não mais nos atrapalhará.

Os escritos de Paulo refletem a devoção profunda que, sendo seguidores de Jesus, também devemos desejar; que nos capacita a enfrentar provações e até perigos por Sua causa. Esta devoção torna-se real pelo auxílio do Espírito Santo e pelas orações dos que nos cercam. Isso também é uma promessa. Quando prosseguimos na obra de Deus mesmo em circunstâncias difíceis, lembremo-nos de que quando a nossa vida e obra aqui terminarem, ainda teremos a alegria de usufruir a eternidade com Jesus.

Nos momentos mais difíceis, com o coração comprometido a andar com Cristo e com os olhos fixos na promessa da eternidade, que os nossos dias e nossos atos abençoem os outros com o amor de Deus. — Randy Kilgor

Os sacrifícios oferecidos a Deus são oportunidades para que eu manifeste o Seu amor.

terça-feira, 29 de setembro de 2020

Tem conexão wi-fi?

"O sábio tem fome de conhecimento, enquanto os tolos se alimentam de insensatez." (Provérbios 15;14)

Quando eu me preparava para uma viagem missionária com alguns jovens, o que eles mais perguntavam era: “Vai ter wi-fi?”. E eu lhes garantia que sim. Imaginem as lamentações e os gemidos numa noite em que a conexão caiu!


Muitos de nós ficamos impacientes quando nos separamos do celular. E quando o temos em mão, podemos ficar grudados na tela.

Como muitas coisas, a internet e os dispositivos que nos permitem acessar o mundo podem tornar-se um transtorno ou uma bênção. Depende de como agimos. Lemos em Provérbios: “O sábio tem fome de conhecimento, enquanto os tolos se alimentam de insensatez” (15:14).

Aplicando a sabedoria da Palavra de Deus à vida, podemos nos questionar: Será que verificamos nossas redes sociais compulsivamente ao longo do dia? O que isso diz sobre as coisas das quais temos fome? E será que as coisas que lemos ou visualizamos online incentivam um estilo de vida sensato (vv.16-21), ou estamos nos alimentando daquilo que não satisfaz — fofocas, difamação, materialismo ou impureza sexual?

À medida que nos rendemos à obra do Espírito Santo, podemos encher a nossa mente com o que é “verdadeiro, tudo que é nobre, tudo que é correto, tudo que é puro, tudo que é amável e tudo que é admirável” (Filipenses 4:8). Pela sabedoria de Deus, podemos fazer boas escolhas para honrá-lo. — Poh Fang Chia

Aquilo que entra em nossa mente molda a nossa alma.